fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
20.07.20

Ao inteiro dispor

As portas dos Correios estão abertas para indicações do PSD, de Gilberto Kassab. O único “imexível” é o presidente da estatal, general Floriano Peixoto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.07.20

O outro Paulo

Uma reunião em Petrópolis, na semana passada, praticamente enterrou as chances da candidatura do ex-presidente do BNDES Paulo Rabello de Castro à Prefeitura do Rio pelo PSD. A Rabello de Castro foi oferecido o comando da Fundação de Estudos Políticos, o think thank do partido. Pouco para quem deixou o PSC e entrou no PSD dando como certo ser o nome da sigla para a eleição municipal. Ou para quem ainda alimenta o sonho de ser Ministro da Economia.

Em tempo: o candidato do PSD à prefeitura do Rio deve ser o deputado federal e ex-presidente do Detran-RJ Hugo Leal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.06.20

Ajoelhou, tem que rezar

Nas conversas com os assessores mais próximos, Jair Bolsonaro não esconde sua insatisfação com a postura de Gilberto Kassab. O ex-ministro tem pregado a independência do PSD. Bolsonaro espera que seja apenas um discurso para o público externo. Não foi para ser “independente” que o partido levou uma baciada de cargos, entre eles a recriação do Ministério das Comunicações e o comando da Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.06.20

Banda larga

Há discussões no governo em torno da uma nova capitalização da Telebras. No ano passado, a empresa recebeu da União cerca de R$ 1,5 bilhão. De onde virá o dinheiro novo, em meio à dramática asfixia fiscal, não se sabe. Mas, parece um projeto sob medida para o Centrão, mais precisamente o PSD, de Gilberto Kassab, prestes a fisgar o comando da Telebras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.06.20

Pai da criança

O PSD, de Gilberto Kassab, está computando um gol que não marcou. O governador Romeu Zema foi o personagem decisivo na nomeação de Giovanne Gomes, comandante da Polícia Militar de Minas, para a presidência da Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.05.20

Furo no Centrão

O apoio ao governo Bolsonaro está criando uma dissidência no PSD. O grupo majoritário comandado por Gilberto Kassab quer selar logo a aliança. A ala nordestina do Partido, ligada ao senador baiano Otto Alencar, vai na mão oposta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.04.20

“Nova política”

Além de Roberto Jefferson e Valdemar da Costa Neto, o Palácio do Planalto tem se aproximado de Gilberto Kassab. O “dono” do PSD passou a ser visto como um personagem importante para a aprovação das medidas emergenciais do governo no Senado. Com a posse do suplente Carlos Fávaro, no lugar da senadora cassada Selma Arruda, o PSD passou a ser a segunda maior bancada da Casa, com 12 votos, atrás apenas do MDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.03.20

Anastasia 2021

A sucessão de Davi Alcolumbre já começou. O PSD articula, desde já, a candidatura de Antonio Anastasia para a presidência do Congresso – a eleição ocorre apenas em fevereiro de 2021. A garantia do partido em apoiar Anastasia foi um dos pontos principais da negociação que culminou na saída do senador do PSDB depois de 15 anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.01.20

As duas faces de Kassab

Gilberto Kassab movimenta duas peças no tabuleiro. Deu sua palavra a Andrea Matarazzo que ele será o candidato do PSD a prefeito de São Paulo. Ao mesmo tempo, acena a Bruno Covas com o apoio à sua reeleição.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.01.20

Ponto de interseção

O prefeito Bruno Covas tem costurado pessoalmente com Gilberto Kassab o apoio do PSD à sua reeleição. É bem verdade que Kassab guarda um certo engasgo com o tucano João Doria depois de ser afastado da Casa Civil de São Paulo, antes mesmo de assumir, por conta de denúncias de caixa 2. Mas talvez essa pequena rusga com Doria mais aproxime do que afaste Covas e Kassab.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.