fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.01.22

MPF fecha o cerco contra as montadoras

As montadoras não vão se safar assim tão cedo do monóxido de carbono que despejam no ar. Segundo uma fonte do Ministério Público Federal (MPF), o órgão deverá recorrer à Justiça da decisão do Ibama, que deu mais três meses para o setor automotivo adequar os modelos ainda fora dos novos limites de poluição estabelecidos pelo Proconve (Programa de Controle de Emissões Veiculares). Na prática, esses três meses já duram mais de três anos.

Desde 2018, os fabricantes de veículos têm conhecimento das exigências impostas pelo programa. Mas, com a complacência do Ibama, foram ziguezagueando em torno da questão e conseguiram adiar por diversas vezes o cumprimento das regras – uma hora, escorando-se na pandemia; outra, na falta de peças. Procurada, a Anfavea diz que “não tem conhecimento dessa ação do MPF”.

Em relação às normas ambientais, informa que “desde o fim do ano passado, todas as montadoras já vêm produzindo automóveis e comerciais leves com as novas especificações de emissões.”. A Anfavea confirma que “menos de 20 mil veículos L6 que terminaram o ano incompletos pelo atraso na entrega de itens eletrônicos”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.