fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
26.05.22

Um afago a mais nos ruralistas

O Palácio do Planalto tem feito gestões junto ao presidente da Câmara, Arthur Lira, para votar o projeto de lei 2079/2015 até o fim de junho. O PL em questão propõe que o furto e o contrabando de defensivos agrícolas passem a ser considerados crimes hediondos. Trata-se de mais um afago do governo na bancada ruralista. O aumento da pena para os contrabandistas é um pleito antigo do agronegócio. Estima-se que o comércio ilegal de agroquímicos movimente cerca de R$ 20 bilhões por ano no Brasil. Só no ano passado mais de 75 mil toneladas teriam entrado ilegalmente em território brasileiro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.05.22

Mundo da lua

Pelo jeito, o PL não leva muita fé no híbrido de ex- astronauta e ex-ministro Marcos Pontes. Apesar das tentativas de aproximação feitas por Pontes, as lideranças do partido largaram de mão a sua candidatura a deputado federal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.04.22

Operação blindagem

A indústria da mineração aposta suas fichas no presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Historicamente próximo ao setor, Pacheco já trabalha nos bastidores para brecar o Projeto de Lei 840/22, que propõe o aumento das alíquotas da CFEM (Compensação Financeira pelos Recursos Minerais). O PL tem o apoio do Ministério da Economia, que projeta um aumento de arrecadação da ordem de R$ 10 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.04.22

O modo Bolsonaro de driblar aliados

Valdemar Costa Neto teve um papel fundamental na puxada de tapete que derrubou o deputado José Medeiros (PL-MT), vice líder do governo na Câmara. Medeiros, que dava como certo o apoio de Jair Bolsonaro a sua candidatura ao Senado, caiu estatelado. Bolsonaro deu aval à reeleição do senador Wellington Fagundes, também do PL.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.04.22

Portas fechadas

O governador do Rio, Claudio Castro, tem sido pressionado por aliados mais próximos a brecar as tentativas de aproximação do presidente da Alerj, o petista André Ceciliano. No entorno de Castro, o flerte com Ceciliano é visto como uma possível brecha para que membros do PL escorreguem para o palanque de Lula no Rio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O PL, de Valdemar da Costa Neto, está sedento para fisgar o comando da Valec. Ressalte-se que o presidente da estatal, André Kuhn, não tem mais a proteção de Tarcisio Freitas no Ministério da Infraestrutura para barrar indicações políticas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.04.22

O inverno está chegando

A ativista de extrema direita Sara Winter flerta com o PL, de Jair Bolsonaro. Em jogo, sua candidatura à Câmara. Sara é um fio desencapado. É investigada pelo STF no inquérito que apura a disseminação de fake news e a incitação de ataques à própria Suprema Corte.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.03.22

Pescaria partidária

Mais desfalques à vista no partido de Gilberto Kassab. Valdemar da Costa Neto garantiu a um senador, fonte do RR, que nos próximos dias fecha a entrada de mais dois deputados do PSD no PL.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.03.22

Centrão lança seus candidatos à cadeira de Tarcísio Freitas

Está aberta a temporada de caça a um dos cargos mais cobiçados da República, o de sucessor de Tarcísio Freitas no Ministério da Infraestrutura. O Centrão vem com toda a sede ao pote. Segundo o RR apurou, Valdemar da Costa Neto trabalha pelo nome de Antonio Carlos Rodrigues, do próprio PL.

Atual diretor de Planejamento do DER-SP, Rodrigues comandou o Ministério dos Transportes no governo Dilma. Em 2017, foi preso no âmbito da Operação Caixa D ́Água, que investigou crimes eleitorais. Não chega a ser um problema, até porque, no ano seguinte, o ministro Dias Toffoli suspendeu a ação penal contra Rodrigues. Ou seja: trata-se de um “ficha limpa”. Mas Valdemar da Costa Neto não está sozinho.

O Republicanos já indicou ao presidente Jair Bolsonaro o deputado e ex-ministro da Indústria e Comércio, pastor Marcos Pereira. O Republicanos tem jogado mais duro do que o PL na interlocução com Bolsonaro, sinalizando a possibilidade de deixar a base aliada se não ganhar espaço no Ministério.

O que está em jogo é o poder de comandar os mais de 50 leilões de concessões previstos para este ano. No que depender do próprio Tarcisio Freitas, no entanto, o seu sucessor já está dentro de casa: trata-se de Marcelo Sampaio, secretário executivo do Ministério da Infraestrutura. Sampaio é homem de confiança de Freitas e, de alguma forma, representaria uma blindagem da Pasta a pressões políticas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.03.22

A aposta de Valdemar

O PL já se tornou o maior partido da Câmara, mas Valdemar Costa Neto quer mais. A um parlamentar, fonte do RR, cravou que a sigla fechará a janela partidária, em 1o de abril, com 70 deputados. Hoje, são 63.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.