fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
06.08.20

Um “infiltrado” na Polícia Federal

O delegado Cléo Matusiak foi escolhido para assumir a coordenação-geral da Polícia Fazendária, órgão vinculado à diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF. A indicação partiu do próprio ministro da Justiça, André Mendonça. Trata-se de uma rara brecha concedida pelo governo Bolsonaro a um integrante da “República de Curitiba”. Matusiak integrou a força-tarefa da Lava Jato em 2018, quando estava na superintendência da PF no Paraná.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.06.20

Ministério da Segurança Particular?

A possibilidade de recriação do Ministério da Segurança Pública, mencionada por Jair Bolsonaro na semana passada, esconde segundas intenções. O presidente teria consultado o procurador-geral da República, Augusto Aras, sobre a viabilidade jurídica de nomear o delegado Alexandre Ramagem para a Pasta. Pode até se tratar de mais um blefe, o próximo balão de ensaio a ser lançado por Bolsonaro. O fato é que a nomeação seria uma vendetta sob medida do presidente contra o STF, que vetou a indicação de Ramagem para a direção da Polícia Federal. Uma vez à frente da Segurança Pública, o delegado passaria a ter sob seu comando a PF, que seria automaticamente transferida da Justiça para o novo Ministério, assim como a Polícia Rodoviária Federal. Este, inclusive, era o modelo da Pasta de Segurança Pública no governo Temer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.06.20

Temperatura alta

A área de inteligência da PF monitora um grupo autointitulado “Frente Antifascista”. Criado no Maranhão, o movimento estaria se espalhando por outros estados do Nordeste. Nas redes sociais, seus líderes estimulam os participantes a levar álcool e querosene para manifestações. Soa meio caricato, mas, na cartilha Bolsonaro, são todos “terroristas”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.05.20

Curitiba é Curitiba

A troca do superintendente da PF no Paraná é tratada por Jair Bolsonaro como um movimento duplamente estratégico: não apenas por se tratar do território de Sergio Moro, mas pelo fato de que a PF paranaense é responsável pela investigação de políticos sem foro privilegiado, a começar pelo ex-presidente Michel Temer. Trata-se de um “ativo” que não pode ser desprezado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.05.20

O impacto do coronavírus nos serviços em março

Termômetro

ECONOMIA

O impacto do coronavírus nos serviços em março

Sai amanhã a Pesquisa Mensal de Serviços de março (IBGE), que, estima-se, deve ser o primeiro dado oficial refletindo mais completamente os efeitos do coronavírus no setor – que já vem de queda de 1% em fevereiro.

Números de amanhã vão se somar ao crescimento de 22% nos pedidos de auxílio desemprego em abril (nos últimos dois meses 1,5 milhões de trabalhadores formais foram demitidos) e serão fundamentais para projetar os efeitos da pandemia (e o PIB 2020). Politicamente, vão influenciar tanto as cobranças por aceleração na injeção de recursos do governo na área quanto o discurso do presidente Bolsonaro contra o isolamento social.

Também nesta terça será divulgado o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola para abril – índices de março apresentaram algum recuo, mas ainda com projeções positivas (crescimento de 1,5% na safra de grãos) para o ano.

No exterior, tudo indica que o Índice de Preços ao Consumidor de abril nos EUA trará deflação – a segunda seguida -, a exemplo do que se verificou no Brasil, no final da semana passada.

Novos pacotes

Devem crescer, amanhã, especulações sobre o formato de pacote do governo federal voltado para companhias aéreas e para o setor de energia elétrica.

INSTITUCIONAL

Bolsonaro e a PF

Há grande expectativa por exposição, amanhã, em encontro fechado com a presença do ex ministro Moro e procuradores do MPF, do vídeo de reunião em que o presidente Bolsonaro teria pedido acesso a relatórios da PF.

O material pode ou não ser tornado público nesta terça pelo ministro Celso de Mello, responsável pelo caso do STF, mas, de toda forma, a reunião vai alimentar especulações – e prováveis vazamentos.

Aposta na reabertura econômica e no conflito institucional

Inclusão em decreto presidencial de academias, salões de beleza e barbearias provocará nova fonte de atrito entre o presidente Bolsonaro e governadores, amanhã – além de críticas na mídia e possivelmente de parlamentares. Iniciativa é mais um capítulo na ação política do presidente Bolsonaro para defender a reabertura do comércio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.10.19

Paranóia?

O “susto básico” aplicado, ontem, em Luciano Bivar, com a operação de busca e apreensão da PF em sua residência, aumentou o medo do parlamentar de vir a se tornar um “Mariello da direita”. A expressão foi usada por um dos interlocutores de Bivar, que conversou com o RR sobre o seu estado de espírito.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.07.18

Cirurgia

Segundo o RR apurou, a PF está prestes a desbaratar um esquema para a compra de próteses cirúrgicas no governo Cabral. A denúncia também teria partido do ex-secretário de Saúde Sergio Cortes, que já arrastou para a Lava Jato empresas como a Philips, suspeita de pagar propina para a venda de equipamentos médicos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.