fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.10.20

Reta final

A Petrobras vai receber ainda nesta semana as novas propostas pela refinaria Presidente Getulio Vargas (Repar), no Paraná. Grupo Ultra e Raízen disputam o mata-mata final. O martelo deve ser batido ainda em outubro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.08.20

Modus operandi

O banqueiro Juca Abdalla, dono do Banco Clássico, vem comprando mais e mais ações da Cemig. A julgar pelo que fez na Petrobras, não demora muito e vai tentar ampliar seu poder no Conselho da estatal mineira, onde ele próprio já ocupa um assento. No mês passado, Abdalla foi eleito para o board da Petrobras e ainda emplacou outros dois representantes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.08.20

De grão em grão…

A Petrobras está conseguindo um ganho mensal médio da ordem de US$ 5 milhões com o novo formato do contrato de fornecimento de gás da Bolívia para o Brasil, firmado em março. A economia vem, sobretudo, do ato de a estatal boliviana YPFB ter assumido o custo de transporte do insumo dentro daquele país, numa linha de aproximadamente 550 km, de Rio Grande a Porto Suarez, na fronteira com o Brasil. O volume contratado diário varia de 14 milhões de metros cúbicos a 20 milhões de metros cúbicos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.20

Solução caseira

A Ecopetrol já teria sinalizado à Petrobras que pretende exercer o direito de preferência para a compra da sua participação de 44% no bloco Tayrona, no litoral da Colômbia. O restante do capital pertence à própria estatal colombiana.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.20

Fundo perdido

A Avianca Brasil, que pediu falência nesta semana, deve mais de R$ 150 milhões à Petrobras, referentes à compra de combustível. É dinheiro que a estatal provavelmente não vai ver mais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.20

Um pé fora do Uruguai

A Petrobras estaria em conversações com a espanhola Disa para a venda de seus ativos no Uruguai. O pacote inclui 88 postos, 16 lojas de conveniência, uma planta de querosene de aviação e um terminal de lubrificantes. A Disa já opera no Uruguai, com a bandeira Shell.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.20

Habeas corpus para Raupp

Os advogados do ex-senador Valdir Raupp (MDB-RO) estudam entrar no STF com um pedido preventivo de habeas corpus. Sinal de apreensão com o julgamento de Raupp na 2a Turma do próprio Supremo, marcado para a próxima terça-feira. Ele e dois assessores parlamentares são acusados, no âmbito da Lava Jato, de ter recebido propina da Queiroz Galvão. Segundo as investigações, o pagamento de R$ 500 mil teria sido contrapartida para contratos firmados entre a empreiteira e a Petrobras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.06.20

Venda casada

O governo gaúcho entabula conversas com a Petrobras para a venda conjunta das participações do estado e da Gaspetro na Sul-gás. Seria uma forma de aumentar o valuation do ativo. Mas, como quase tudo, é projeto só para 2021.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.05.20

Aproximação com Maia não pacificará instituições

Termômetro

POLÍTICA

Aproximação com Maia não pacificará instituições

A tentativa de aproximação entre Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia, que chegou a animar o mercado hoje, indica que o presidente da Câmara não quer ser identificado como inimigo do governo. Ou seja, vai manter posição contra o impeachment, no atual cenário (que pode mudar com divulgação de vídeo de reunião ministerial), e adotará, nos próximos dias, linha mais conciliatória em projetos da área econômica. Maia age, também, para não ser isolado pelo Centrão.

O cenário de instabilidade institucional, no entanto, se manterá amanhã. Será alimentado por guerra aberta entre o presidente e o governador de São Paulo, João Doria, – que tem como bastidor a disputa pelo apoio do setor empresarial. Também continuará em pauta a MP editada hoje por Bolsonaro, protegendo agentes públicos de responsabilização por atos na crise do coronavírus.

A iniciativa provocará polêmica no Congresso e rejeição no STF, sob o escrutínio negativo da mídia. Crescerá a preocupação com tendências autoritárias do governo e visão negativa – que até pouco tempo atrás era contida – sobre o comprometimento de militares com Bolsonaro. Artigo do vice-presidente Hamilton Mourão, hoje, contribui para esse processo.

ECONOMIA

Petrobras e Varejo nos EUA

Destaque no Brasil para o balanço da Petrobras no primeiro trimestre do ano, que dá medida do impacto – e das projeções – da pandemia do coronavírus na operação da estatal. Também está prevista a PNAD Contínua Trimestral (IBGE), ainda que dados divulgados no final de abril já apontassem para tendência de aumento no desemprego (12,2%) em março.

No exterior, saem as Vendas no Varejo nos EUA em abril, para as quais estima-se queda vertiginosa (-12, sobre -8,4% em março), e o PIB Trimestral da Alemanha, que deve apresentar recuo na casa de 2,2%, refletindo parcialmente (até março) os efeitos da pandemia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.05.20

Muito gás e pouco contrato

A boliviana YPFB vem procurando grandes grupos industriais e empresas privadas de geração no Brasil para vender gás a preço de ocasião. Até agora, as boas relações da presidente interina, Jeanine Áñez, com o governo brasileiro não tem adiantado muito. Ressalte-se que a YPFB amarga perdas expressivas com a decisão da Petrobras de reduzir a importação de gás boliviano, no rastro da retração da atividade econômica.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.