fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
28.09.21

Uma comissão com pouca anistia

A Comissão de Anistia está botando para quebrar. Segundo o RR apurou, nas últimas duas semanas o colegiado deu parecer contrário a 229 pedidos de indenização – entre eles, o do PCdoB, que atuou na ilegalidade durante todo o regime militar. Procurado, o Ministério da Mulher confirmou a informação. Segundo a Pasta, “os processos analisados pelo Conselho ainda serão encaminhados para decisão da ministra Damares Alves”. De acordo com a mesma fonte, a tendência é que ela assine embaixo e negue os pedidos de reparação financeira.

Em tempo: pode se acusar o governo Bolsonaro de tudo, menos de sentar em cima dos pedidos de indenização feitos à Comissão de Anistia. No início do seu mandato, o colegiado acumulava mais de 11 mil processos. Hoje, segundo o RR apurou, são aproximadamente três mil ainda pendentes de julgamento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.09.20

A difícil missão de enfrentar Bolsonaro

Flavio Dino tem sido aconselhado dentro do PCdo B a estabelecer uma rotina de viagens pelo Brasil assim que a pandemia permitir. Na visão dos “comunistas”, a modesta performance nas pesquisas eleitorais para a Presidência (nunca superior a 2%), exige que o governador ponha o pé na estrada e se apresente aos eleitores. Com o salto de Jair Bolsonaro nas pesquisas, desde já tudo fica parecendo meio inócuo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.08.20

Aquecimento para 2022

PCdoB (Flavio Dino) e PSB (Carlos Siqueira) cogitam uma aliança para disputar as eleições em três capitais do Nordeste, a começar por Recife. É quase uma prévia do possível M&A entre os dois partidos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.07.20

Figura e fundo

Para além de questões ideológicas, um motivo a mais para a fusão entre o PCdoB e o PSB pontua a conversa entre dirigentes dos dois partidos. A valores deste ano, a nova sigla passaria a ter R$ 266 milhões do fundo partidário. Seria a quarta maior fatia do bolo, atrás de PT, PSL e MDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.01.20

Cheiro de peixe podre

O Ministério da Economia trabalha para afundar o projeto de lei 5626/19, em tramitação na Câmara. Assinado por oito deputados do PCdoB, o PL propõe o pagamento de seguro-desemprego a pescadores artesanais afetados por desastres ambientais. A equipe econômica considera que os “comunistas” estão jogando para a torcida com o bolso da “Viúva”, vendendo um “peixe” que já existe. Os pescadores atingidos por desastres ambientais já têm direito a uma cota extra do seguro-defeso. Em 2019, por exemplo, o governo gastou R$ 110 milhões a mais por causa do derramamento de óleo na costa do Nordeste.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.01.19

Congresso de Ibiúna

Derrotada nas urnas, a esquerda tenta dar sinais de vida pelo campo das ideias. As fundações Perseu Abramo (PT), Maurício Grabois (PCdoB), João Mangabeira (PSB) e Lauro Campos (PSOL) articulam a formação de uma frente programática. Já ocorreram duas reuniões. O “acordão ideológico” deve até sair. O diacho será dar alguma consequência prática a ele.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.12.18

Teste de audiência

O PT costura com o PCdoB uma série de atos nas principais capitais brasileiras em janeiro, logo após a posse de Jair Bolsonaro. A bandeira das manifestações será a defesa da CLT – Bolsonaro tem pregado uma flexibilização ainda maior das leis trabalhistas. Em tempo: os protestos teriam a função colateral de testar a capacidade do PT de ainda elevar a temperatura das ruas.

Por ora, no entanto, o PT não consegue mobilizar sequer as centrais sindicais. A CUT, apêndice histórico do partido, está dentro. No entanto, Força Sindical, UGT e CTB relutam em participar das manifestações.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.10.18

Hospedeiro

A deputada Luciana Santos, presidente do PCdoB, desautorizou qualquer conversa para uma possível fusão com o PSB. Mesmo com a derrota eleitoral, a líder dos comunistas defende com unhas e dentes que o partido siga como um satélite do PT.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.10.18

Comunistas com Maia

Líder do PCdoB na Câmara, Orlando Silva já afiançou o apoio do partido à reeleição de Rodrigo Maia para a presidência da Casa. Não é nada, não é nada, são nove votos garantidos para Maia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.09.18

Sístoles e diástoles

O fim de semana foi marcado por tensos debates entre as cúpulas do PT e do PCdoB. À luz do dia, os comunistas cumpriram o rito e soltaram uma nota defendendo a candidatura Lula; nos bastidores, no entanto, a presidente do partido, Luciana Santos, subiu a pressão para que os petistas oficializem a substituição do ex-presidente por Fernando Haddad. Principal articuladora da aliança com o PT, Luciana defende que Manoela D ́Ávila entre rapidamente em cena como candidata a vice de Haddad.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.