fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
02.05.22

Novo e velho

O Partido Novo do Rio está tentando ressuscitar a candidatura de Bernardinho, desta vez ao Senado. O treinador voltou de vez ao Brasil após deixar o comando da seleção francesa de vôlei.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.12.21

Fechado com Moro?

O governador Romeu Zema estaria trabalhando nos bastidores do Partido Novo para brecar a candidatura de Luis Felipe D ́Ávila à Presidência da República – o que, convenhamos, nem precisa de muito esforço.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.11.21

Um partido quase sem face

O Partido Novo quer escalar Romeu Zema para acompanhar o pré-candidato à Presidência Luiz Felipe D ́Avila em algumas viagens pelo Brasil. O diagnóstico é que Zema é hoje um dos poucos rostos conhecidos da legenda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.10.21

Partido ao meio

A ala bolsonarista do Partido Novo está se mexendo para desmontar a possível candidatura do cientista político Luiz Felipe d ́Ávila à Presidência. Essa banda do partido defende o nome do deputado gaúcho Marcel Van Hattem.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.08.21

Cisão da cisão

A ala do Partido Novo que rompeu com João Amoedo e lançou o deputado Tiago Mitraud como candidato à Presidência já dá sinais de erosão. Uma “ala dentro da ala” defende a indicação do deputado gaúcho Marcel Van Hattem. É muito barulho por nada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.03.21

Dissidência

O governador Romeu Zema confidenciou a colaboradores mais próximos a possibilidade de deixar o Partido Novo. Uma das hipóteses é acompanhar Jair Bolsonaro em sua nova sigla. A troca de partido seria motivada pela decisão do Novo de se tornar oposição a Jair Bolsonaro. Segundo o RR apurou, Zema sequer foi comunicado previamente pela cúpula do partido da mudança de oposição, o que o deixou ainda mais irritado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.11.20

Novo e sem voto

João Amoedo tem sido pressionado dentro do Partido Novo a fazer uma convenção nacional para lavar a roupa suja e rediscutir os rumos da sigla. O motivo é o pífio desempenho da legenda nas últimas eleições. O Novo não elegeu nenhum prefeito e fez apenas 29 vereadores em todo o país.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.10.20

Nova vocação?

O empresário Rony Meisler, guru do empreendedorismo, vem flertando com a política. Ou a política vem flertando com ele. Segundo interlocutores de Meisler, ele já teria sido sondado para se filiar ao Partido Novo. Na semana passada, por sinal, Meisler, ex-sócio de Luciano Huck, fechou a venda da grife Reserva para a Arezzo. Ou seja: tempo, ao que parece, não seria mais um empecilho para Meisler se dedicar à política.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.05.20

Partido da “boiada”

Expulso do Partido Novo, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, poderá embarcar no Republicanos. A exemplo do caso do senador Flavio Bolsonaro, seria uma filiação-motel, um pernoite até que o Aliança pelo Brasil, a sigla do clã Bolsonaro, seja oficialmente registrado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.05.20

Camisa de força

A indicação do vice-governador de Minas, Paulo Brant, para comandar o Conselho Estadual de Modernização Administrativa – que ainda não se sabe muito bem ao que veio – não deve ser vista exatamente como uma deferência da parte de Romeu Zema. Entre os próprios aliados do governador, a nomeação é interpretada como uma manobra de Zema para neutralizar Brant e reduzir sua área de influência dentro do governo. Ambos têm um relação das mais sinuosas. Recentemente, Brant deixou o Partido Novo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.