fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Pantanal

Relacionados

15.10.20

Estado paralelo

A Comissão Externa do Pantanal, que reúne ambientalistas e outros atores da sociedade civil, está em contato direto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento. Tenta negociar a retomada do programa do BID para a região do Pantanal, que previa a liberação de US$ 400 milhões. O projeto foi paralisado por divergências com o governo do Mato Grosso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.10.20

Vai cair do céu?

O governador do Mato Grosso do Sul, Reynaldo Azambuja, bateu à porta do ministro Paulo Guedes. Está solicitando a liberação emergencial de cerca de R$ 100 milhões para as ações de combate aos incêndios no Pantanal. Talvez seja melhor esperar sentado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.10.20

Labareda 1

Grandes grupos hoteleiros do Pantanal bateram à porta do ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio. Cobram ações mais contundentes do governo contra as queimadas no Pantanal. Os incêndios estão funcionando como uma espécie de “segunda onda da pandemia”, afugentando os turistas justo no momento em que eles começavam a reocupar os hotéis da região.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.09.20

Água a conta-gotas

Os “recursos ilimitados” (apud Jair Bolsonaro) para o combate aos incêndios no Pantanal até agora só existem no discurso presidencial. O governo do Mato Grosso está penando para arrancar do Ministério do Desenvolvimento Regional uma verba adicional de R$ 20 milhões para a compra ou locação de equipamentos. Até o momento, o governo federal liberou pouco mais de R$ 13 milhões para serem divididos entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.09.20

Cinzas do Pantanal

Parlamentares do Centro-Oeste pressionam o governo a suspender a cobrança de empréstimos de bancos públicos a produtores rurais atingidos pelos incêndios no Pantanal. Mais: cobram a concessão de recursos extras para produtores de algodão, milho e soja e também para pecuaristas que perderam suas pastagens.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.