fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
10.01.20

Gerdau se candidata a “ministro do downsizing”

O empresário Jorge Gerdau lê a revista Veja? Com certeza! Assim não o fosse, não teria sabido dos desperdícios e despesas extravagantes do Palácio do Planalto. E nem teria colocado novamente o consultor Vicente Falconi no circuito. Sim, novamente, porque, segundo a revista, o ex-secretário-geral da Presidência Gustavo Bebianno bem que tentou, tempos atrás, colocar Falconi na fita para fazer o downsizing do Planalto. A iniciativa não foi para frente. Agora, conforme foi confidenciado ao RR, o tema voltou à baila. A dupla Gerdau e Falconi está assuntando a medida. A varredura no Planalto seria uma ação pró-bono. A União economizaria alguns gastos, o governo reduziria algumas migalhas no déficit primário e todos faturariam no marketing pessoal. Um jogo de ganha-ganha. A colaboração de Gerdau com Falconi tem quase uma década. Vem da criação do Movimento Brasil Competitivo. Trabalharam gratuitamente para diversas unidades federativas. O caminho dos entendimentos passaria pelo onipresente Paulo Guedes. Gerdau tem uma relação estreita com Guedes. O siderurgista é um dos principais financiadores do Instituto Millenium, entidade voltada à disseminação do pensamento liberal. E Paulo Guedes, até entrar no governo, era uma das estrelas da fraternidade. A ideia-força da medida é fazer do presidente o garoto propaganda do principal mote do seu governo: a economia de gastos. Bolsonaro daria o exemplo pessoal naquilo que discursa. Mesmo que a redução de desperdícios seja ínfima, para a finalidade política é bastante producente. É algo que pode render até 2022.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.01.20

O substituto do “03”

O Palácio do Planalto articula para que a Comissão de Relações Exteriores do Senado marque a sabatina de Nestor Forster logo para a primeira semana de fevereiro. Com viagem marcada para os Estados Unidos no mês que vem, o presidente Jair Bolsonaro quer desembarcar na terra de Trump com Forster devidamente empossado na Embaixada de Washington.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.01.20

A fatura do “03”

O Palácio do Planalto já faz as contas do “Custo Eduardo”. É como estão sendo chamadas no governo as emendas orçamentárias dos integrantes do Conselho de Ética da Câmara. Serão a moeda de troca para os deputados engavetarem, sem maiores delongas ou desgaste, o processo contra Eduardo Bolsonaro por suas declarações simpáticas a um “novo AI-5”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.01.20

Um teste para o governo Bolsonaro

A menos de dois meses do fim do mandato do diretor-geral Mário Povia, a própria diretoria da Antaq elaborou uma lista com nove nomes para sucedê-lo. A relação será enviada ao Palácio do Planalto nos próximos dias. Segundo o RR apurou, são todos nomes técnicos do setor – a maioria, inclusive, prestou consultoria para a elaboração da Lei dos Portos. A Antaq confirma a informação, ressaltando que “a lista contém possíveis nomes para exercerem o cargo de diretor durante o período de vacância até a nomeação do novo titular”. Mero formalismo. O objetivo, apurou o RR, é emplacar um dos indicados de forma definitiva. Há alguns meses, não custa lembrar, Jair Bolsonaro criticou duramente indicações políticas para órgãos reguladores. Na ocasião, atacou um projeto de lei apresentado na Câmara, que propõe que a indicação dos diretores das agências reguladoras passe a ser privativa do Congresso. Agora, o Capitão terá a chance de comprovar seu discurso na prática.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.12.19

Terra estrangeira

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, tem uma nova entrega a fazer ao Palácio do Planalto. Comprometeu-se a remover as emendas penduradas no projeto que libera a venda de terras a estrangeiros no Brasil. 2019 já era, mas a medida é fundamental para que a proposta seja aprovada no Senado logo no raiar do ano legislativo em 2020. Hoje há 16 emendas que prometem atrasar a tramitação do PL na Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.12.19

Lei da mordaça

O Palácio do Planalto determinou que a delegação brasileira presente à COP 25 – a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas – somente se pronuncie por meio de notas técnicas. Os contatos com a imprensa ficarão restritos ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. E olhe lá.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.11.19

Avanço de sinal

O Palácio do Planalto está mobilizando a base aliada no Congresso. Quer porque quer votar, ainda neste ano, o projeto de lei que aumenta de 20 para 40 pontos o limite para a suspensão da Carteira de Motorista. O governo Bolsonaro tem estranhas prioridades.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.10.19

Palácio do Planalto vs. AGU

Surgiu um ponto de fricção entre o Palácio do Planalto e o Advogado-Geral da União, André Mendonça, tido como um candidato à vaga prometida para um evangélico no STF. O motivo é a demora da AGU em derrubar a liminar que anulou o decreto assinado por Jair Bolsonaro exonerando 11 peritos do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Faz dois meses que a 6ª Vara Cível da Justiça do Rio tornou a decisão do presidente sem efeito. Trata-se de uma agenda miúda, justamente daquelas a que Bolsonaro costuma dar maior peso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.10.19

O “Agrishow” de Bolsonaro

O Palácio do Planalto prepara um grande evento com a maciça presença da bancada ruralista e de empresários do agronegócio, uma das principais bases de apoio do governo. A efeméride, em tom ufanista, terá duas motivações: celebrar o lançamento da MP do Agro e a iminente ascensão do Brasil ao posto de maior produtor mundial de soja. Estimativas enviadas na última sexta-feira ao presidente Jair Bolsonaro indicam números superiores aos apresentados formalmente pela Conab também na semana passada. O Brasil deverá colher 126 milhões de toneladas de soja na safra 2019/20, aproximadamente 30 milhões a mais do que os Estados Unidos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Existe todo um cuidado do Palácio do Planalto, notadamente do GSI, com a audiência pública que o Ministério da Infraestrutura realizará em Gurupi (TO), na próxima sexta-feira, para discutir a construção da Rodovia Transbananal. Há informações de que etnias  indígenas da região, como os Karajá e os Javaé, aproveitarão a presença do ministro Tarcisio Freitas para protestar contra a nova estrada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.