Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Museu de Arte Moderna

Relacionados

01.03.19
ED. 6066

TCU evita um vazio a mais nas paredes do MAM

Um item a menos no vasto acervo de problemas financeiros do Museu de Arte Moderna do Rio. O TCU confirmou decisão proferida em 2015, isentando o MAM do pagamento, à Secretaria do Patrimônio da União, de taxa de ocupação do imóvel onde está instalado, no Aterro do Flamengo. O veredito do Tribunal de Contas livra o Museu de uma fatura de aproximadamente R$ 30 milhões. Como referência, a cifra equivale a aproximadamente 70% do valor do “Número 16”, obra do pintor norte-americano Jackson Pollock que o MAM se viu obrigado a vender no ano passado – estima-se que o negócio tenha chegado a R$ 47 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.