fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
10.06.20

Mil e uma noites

Em meio à pandemia, um rara boa notícia que circula no Ministério da Infraestrutura: o Mubadala, fundo soberano de Abu Dhabi, estaria montando um novo fundo para a América Latina, com foco nas privatizações de aeroportos e rodovias no Brasil – empurradas pelo coronavírus para 2021. Na última captação para a região, os árabes amealharam US$ 1 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.03.20

Caveira de burro

Diante das circunstâncias, o Mubadala decidiu suspender as negociações para a venda do Hotel Glória.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.03.20

Demolição contábil

Há dois anos em busca de um comprador para o Hotel Glória, o Mubadala já avalia fazer o write off da péssima herança que recebeu de Eike Batista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.01.20

Refinaria

A chinesa Sinopec estaria em negociações com a Petrobras para a compra das refinarias Abreu Lima, em Pernambuco, e Landulpho Alves, na Bahia. Nesta última, tem como principal oponente o fundo árabe Mubadala.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.01.20

Primeira prestação

A Invepar deverá pagar cerca de R$ 500 milhões da sua dívida com Mubadala. Ainda faltará outro tanto a ser quitado com o fundo árabe. É um pedacinho de estrada no longo passivo da companhia, que já bate na casa dos R$ 9 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.12.19

Bacia das almas

O fundo árabe Mubadala está tentando empurrar o prédio do antigo Hotel Glória, no Rio, para a canadense Brookfield. Estimase que qualquer projeto hoteleiro ou imobiliário para o imóvel não sairá por menos de R$ 2 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.07.19

O legado de Eike

A Prefeitura do Rio cobra do fundo Mubadala, dono do imóvel do antigo Hotel Glória, que intensifique a segurança no local. Recentemente, teriam sido registradas duas tentativas de invasão por sem-teto. Com as obras paralisadas há seis anos, o edifício tornou-se um elefante branco em ruínas, abandonado no Aterro do Flamengo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.07.19

Linha Amarela

O Mubadala reabriu conversações com os fundos de pensão para comprar o controle da Invepar. Segundo o RR apurou, do trio de ferro Previ, Petros e Funcef, esta última é a principal interessada em se desfazer da sua participação. A fatia de 75% pertencente às fundações está avaliada em algo próximo a R$ 4,5 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.06.19

Alta quilometragem

A gestora norte-americana Farallon e o Mubadala devem entrar juntas no leilão da Centrovias, concessão rodoviária que será relicitada pelo governo paulista neste ano. A mesma dupla acaba de adquirir a Rota das Bandeiras junto à Odebrecht.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.05.19

Herança de Eike

O Mubadala estuda um novo projeto para o antigo Hotel Glória, que combinaria um shopping de luxo, escritórios comerciais e serviços de hotelaria. Trata-se da enésima solução pensada pelo fundo árabe para tentar dar vida ao elefante branco encravado em frente ao Aterro do Flamengo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.