Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
16.08.17
ED. 5684

Perdeu, playboy

Um exemplo de como a segurança – ou a falta dela – afeta a economia e, no caso específico, a rentabilidade
de uma empresa. A Movida, uma das maiores locadoras de veículos do país, tem uma média de R$ 4 milhões por mês em veículos sinistrados por roubo ou furto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.05.17
ED. 5610

Movida acelera rumo ao controle da Unidas

A Movida, leia-se o Grupo JSL, está negociando a compra da Unidas. Segundo o RR apurou, o acordo deverá envolver um swap de ações entre os sócios das duas empresas, além do pagamento de aproximadamente R$ 200 milhões. De acordo com uma fonte que acompanha as tratativas, os atuais acionistas da Unidas, a norte-americana Enterprise Holdings e os fundos Kinea, do Itaú, e Gávea Investimentos, permaneceriam no capital da nova companhia. Caso a aquisição se confirme, a Movida vai se consolidar como o segundo maior grupo de locação de veículos do país, com 14% do mercado, além de um faturamento anual da ordem de R$ 1,5 bilhão. Na dianteira, a boas léguas de distância, a Localiza, com uma participação em torno de 25%. Procuradas pelo RR, Movida e Unidas não quiseram se pronunciar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12/05/17 15:23h

Wagnercmc

disse:

Good news

22.07.16
ED. 5417

Frota de ativos

O Grupo JSL, dono da locadora de veículos Movida , estaria disposta a estacionar também no controle da concorrente Unidas. A empresa pertencente à portuguesa SAG e ao fundo Kinea, do Itaú .

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.