fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

O Centrão está à espreita, aguardando a possível saída do general Eduardo Pazuello do Ministério da Saúde. Já colocou até um nome sobre a mesa de Jair Bolsonaro: Gilberto Occhi, que ocupou o cargo no governo Temer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Como se não bastasse a controvérsia causada pela indicação da filha do general Braga Netto à ANS, um caso similar tem causado mal estar no Ministério da Saúde. Trata-se da nomeação da advogada Vitória Castro para a Secretaria de Atenção Especializada em Saúde
da Pasta. Vitória teve como um de seus padrinhos de casamento o ministro Eduardo Pazuello.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.07.20

Respiradores

Até agora o ministro Eduardo Pazuello não respondeu ao pleito dos governadores, solicitando que o Ministério da Saúde concentre a compra de respiradores em todo o Brasil. Talvez porque a sua própria gestão esteja respirando por aparelhos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

A médica Nise Yamaguchi, que por pouco não assumiu o Ministério da Saúde, está cotada para colaborar com Eduardo Pazuello na coordenação de testes da vacina contra o coronavírus no Brasil. Sua indicação tem o aval de Eduardo e Carlos Bolsonaro e de Osmar Terra, um dos principais conselheiros de Jair Bolsonaro na área de saúde. Nise sempre foi uma das maiores defensores do uso da cloroquina no tratamento da Covid-19.

Nova missão para Augusto Aras: frear a pressão do Ministério Público Federal para que o TCU investigue a importação de matéria-prima para a produção de cloroquina. Hoje, com base no consumo do medicamento no país, estima-se que o laboratório do Exército tenha estoques para 18 anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

A presença assídua de Osmar Terra no Ministério da Saúde tem causado desconforto ao ministro interino Eduardo Pazuello e sua equipe. Terra circula como se tivesse passe livre dado pelo próprio presidente Jair Bolsonaro. Daqui a pouco Pazuello dá um “chega pra lá” nele.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Carlos e Eduardo Bolsonaro tentam fazer a cabeça de Jair Bolsonaro para abrigar o psiquiatra Ítalo Marsili em uma das secretarias do Ministério da Saúde. Na verdade, o que os rebentos queriam mesmo era emplacar Marsili no comando da Pasta. Mas, por ora, o general Eduardo Pazuello é “imexível”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.06.20

Se fosse a cloroquina…

Em sua fugaz passagem pelo Ministério da Saúde, o oncologista Nelson Teich trabalhou pela entrada no país do Radium 223, tido pela comunidade médica internacional como uma das drogas mais eficazes no tratamento de câncer de próstata. Ficou só na vontade – como tudo na sua gestão. Nenhum laboratório até hoje requisitou junto à Anvisa o registro para comercialização do remédio no Brasil. A principal causa é a política de controle dos preços dos medicamentos no país, que torna a sua venda pouco lucrativa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.20

Medicina de família

O Ministério da Saúde vai consultar a OMS sobre a possibilidade de enviar uma equipe técnica para acompanhar os novos testes com hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19 que serão feitos pela entidade. A julgar pela obsessão de Jair Bolsonaro com o medicamento, periga mandar um dos rebentos na comitiva.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.05.20

De Dilma ao Capitão

O PP, de Ciro Nogueira, indicou Gilberto Occhi para uma das secretarias do Ministério da Saúde. Para o Centrão, o fato de Occhi ter sido ministro de Dilma Rousseff é uma filigrana.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.05.20

Cadeiras vagas

Com mais de 23 mil mortes pelo coronavírus em todo o Brasil, o Ministério da Saúde completou dez dias com cinco de suas secretarias vagas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.