Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Ministério da Mulher

17.07.19
ED. 6158

O mapa-mundi da violência contra a mulher

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos vai elaborar um estudo inédito sobre a violência contra brasileiras residentes no exterior. A Pasta já começou a colher dados de embaixadas e ONGs. A ministra Damares Alves pretende utilizar a pesquisa como referência para ações de apoio a brasileiras vítimas de agressões em outros países. Situações peculiares, como a necessidade de aceitar subempregos ou até mesmo a dependência financeira dos companheiros, são identificadas como fatores de aumento da violência.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.07.19
ED. 6150

Um pouquinho de Brasil

Os conselhos tutelares, que vivem em situação de penúria, receberão nos próximos dias 35 veículos do Ministério da Mulher, da Família e Direitos Humanos. Ainda assim, a carreata poderia ser maior. Por questões burocráticas, cerca de 200 automóveis doados por montadoras ao governo, ainda na gestão Temer, estão parados nos pátios das concessionárias.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.06.19
ED. 6139

Um país chamado Brasil

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos vai divulgar ainda nesta semana um dado estarrecedor. Dos 11.572 casos de violência contra pessoas portadoras de deficiência registrados no país em 2018, praticamente um terço foi cometido pelos próprios pais (12%) ou por irmãos (19%). Aproximadamente 24% das vítimas de agressão são pessoas de 18 a 30 anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.04.19
ED. 6092

Almoço com as estrelas

Depois de Luiza Brunet, Damares Alves sonha com Regina Duarte em seu cast para estrelar uma das campanhas do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. A “Viúva Porcina” apoiou abertamente a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência e, logo após a eleição, disse que estava à disposição para ser “palpiteira” do seu governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.