fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
24.06.20

Rodovias sem saí

Estão avançadas as negociações entre a Triunfo e o Ministério da Infraestrutura para a devolução do lote de concessões que engloba
as rodovias BR-060/153/262. E Tarcisio Freitas que se vire para relicitar tudo novamente…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.06.20

Mil e uma noites

Em meio à pandemia, um rara boa notícia que circula no Ministério da Infraestrutura: o Mubadala, fundo soberano de Abu Dhabi, estaria montando um novo fundo para a América Latina, com foco nas privatizações de aeroportos e rodovias no Brasil – empurradas pelo coronavírus para 2021. Na última captação para a região, os árabes amealharam US$ 1 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O Ministério da Infraestrutura trabalha com a data de março de 2021 para o leilão da Ferrogrão. Segundo o RR apurou, a Pasta mantém tratativas com grandes tradings agrícolas interessadas no negócio, a exemplo da Louis Dreyfus, Amaggi e Cargill. Todas topam entrar na operação, desde que o BNDES, redescoberto com o coronavírus, faça parte do comboio. O investimento total beira os R$ 13 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.05.20

Prejuízo multimodal

O pleito dos investidores privados ao Ministério da Infraestrutura pela repactuação dos contratos de concessões de transportes já ganhou a alcunha de “Plano Invepar”. A pandemia pegou a holding por quase todos os lados: metrô do Rio, Aeroporto de Guarulhos e rodovias. Em média, a queda do faturamento das subsidiárias do grupo já passa dos 80% desde o início da quarentena.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.05.20

Renovação antecipada

O Ministério da Infraestrutura planeja acelerar as tratativas com a Vale para a renovação antecipada das concessões da Estrada de Ferro Carajás e da Vitória-Minas – os contratos atuais vencem em 2027. Na Pasta, a interpretação é que a decisão do TCU de autorizar a prorrogação da licença da Malha Paulista abriu a porteira para outras concessões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.05.20

Bota-abaixo

Com a pandemia, o Ministério da Infraestrutura vai recalcular todas as projeções de receita das concessões rodoviárias que já estavam no pipeline das privatizações. Na Pasta, já discute também a elevação dos preços mínimos de pedágio da BR-153 e BR-163, como forma de aumentar a atratividade.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.05.20

Primeiro da fila?

Chegou ao Ministério da Infraestrutura o primeiro pedido de uma concessionária portuária de reprogramação do pagamento da outorga. A demanda veio da Contermas, que opera o píer do terminal de passageiros de Salvador. O coronavírus e a consequente proibição do trânsito internacional de cruzeiros jogaram por água abaixo todo o plano de negócios da empresa para as férias. Já estava programada a chegada de dez transatlânticos no período.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.05.20

Uma no cravo…

A mexicana Grupo Aeroportuario del Pacífico (GAP) manifestou ao Ministério da Infraestrutura interesse em participar da licitação do aeroporto Santos Dumont, a princípio programada para 2021.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.05.20

…Outra na ferradura

O Ministério da Infraestrutura vai enviar ao TCU, até a próxima semana, os estudos para a privatização da Ferrogrão. A essa altura, é mais para cumprir tabela. Com a pandemia, o projeto de R$ 15 bilhões não sai do papel tão cedo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.05.20

Voando em círculos

O Ministério da Infraestrutura tenta esticar a corda e adiar ao máximo possível a devolução da concessão do aeroporto de Viracopos, controlado pela UTC e pela Triunfo Participações. O consenso na equipe de Tarcísio Freitas é que uma nova licitação, só em 2021. E talvez apenas no segundo semestre.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.