Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
22.08.19
ED. 6184

Transnordestina

R$ 8 bilhões. Este é o valor necessário para a conclusão da Transnordestina, segundo cálculos fresquinhos da área técnica do Ministério da Infraestrutura. Na última estimativa, ainda no governo Temer, a fatura da ferrovia estava em R$ 6 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.08.19
ED. 6182

A próxima fornada de Tarcísio Freitas

Após a licitação de três terminais na última terça-feira, o Ministério da Infraestrutura já trabalha na próxima rodada de concessões portuárias. De acordo com informações filtradas da própria Pasta, o leilão deverá ocorrer até fevereiro de 2020. Segundo a mesma fonte, o pacote incluirá quatro entrepostos de granéis líquidos em Itaqui (MA), o terminal de contêineres de Suape e as joias da coroa: os dois terminais de movimentação de papel e celulose que serão criados a partir do desmembramento da antiga área ocupada pelo Grupo Libra.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.08.19
ED. 6179

Devolução da BR-040

A Invepar aguarda apenas pelo “decreto das devoluções”, que ditará as regras da relicitação de concessões, para abrir as tratativas com o Ministério da Infraestrutura e entregar a licença da BR-040. São quase mil quilômetros de prejuízos, dívidas e investimentos não honrados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.08.19
ED. 6178

Nordeste vira “zona militarizada”

Jair Bolsonaro pretende nomear um militar para a Sudene. O nome mais cotado é o do General de Divisão da reserva Jamil Megid Junior, que integrou a equipe de transição e hoje ocupa a Secretaria de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura. Caso a escolha se confirme, Bolsonaro terá dois militares estrategicamente posicionados à frente dos grandes projetos de infraestrutura no Nordeste. Megid Junior faria dobradinha com o General de Brigada Pedro Antonio Fioravante, nomeado há cerca de um mês para a presidência da Companhia de Desenvolvimento das Bacias do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Ambos, por sinal, são contemporâneos nas Forças Armadas. Sob um certo ângulo caberia aos militares construir pontes entre o governo Bolsonaro e o Nordeste, onde o Capitão amarga os mais baixos índices de popularidade. A Sudene tem sob sua gestão o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste, que engloba, para este ano, um orçamento da ordem de R$ 24 bilhões. Por sua vez, a Codevasf é a responsável pelo grande projeto do governo federal na região, a transposição do São Francisco, ao custo de R$ 20 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.07.19
ED. 6152

Pedágio extra

R$ 1,2 bilhão. Segundo o RR apurou, esta deve ser a conta adicional de investimentos na Ferrovia de Integração Oeste-Leste caso o Ministério da Infraestrutura estenda o empreendimento em 160 km. Falta o TCU dar o sinal verde.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.07.19
ED. 6150

Recapeamento

O Ministério da Infraestrutura trabalha para concluir até 2022 a duplicação da BR-101 em Alagoas e Sergipe. Trata-se de um dos maiores projetos rodoviários no Nordeste, com investimento de mais de R$ 700 milhões. As obras se arrastam desde 2013.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, baixou um “decreto” para a área técnica da Pasta: o edital de concessão da Ferrogrão será publicado até setembro. O projeto está orçado em mais de R$ 12 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.05.19
ED. 6121

Arco da velha

O Ministério da Infraestrutura bateu o martelo: o Arco Metropolitano do Rio de Janeiro será privatizado no ano que vem, em um só pacote com a concessão da Via Dutra. Até lá, o desafio do governo federal é arrumar recursos para a continuidade das obras da via, que tem trechos incompletos, notadamente nas proximidades da cidade de Magé. O empreendimento é um dos “legados” do governo Cabral. Verbas destinadas às obras do Arco Metropolitano ajudaram a alimentar o propinoduto da gestão de Sergio Cabral. Além disso, o Cade desbaratou a formação de um cartel na construção da rodovia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.05.19
ED. 6118

Os vários enterros da Codomar

O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, trabalha para colocar um ponto final no processo de liquidação da Companhia Docas do Maranhão (Codomar) em setembro. A empresa é um morto-vivo da administração federal. Decretada há 11 anos, a extinção da Codomar atravessou o fim do governo Lula e os mandatos de Dilma Rousseff e Michel Temer. Ainda há imóveis a serem vendidos e dívidas trabalhistas à espera de acordo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.05.19
ED. 6105

Imprimatur

O Ministério da Infraestrutura aguarda para os próximos dias parecer da Advocacia Geral da União (AGU) autorizando a transferência da participação de 40% da Valec na Transnordestina para a União. O sinal verde é determinante para a extinção da estatal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.