fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
08.03.21

O pária do mundo

Informação que circulava na sexta-feira no Ministério da Família: o Brasil corre o risco de deixar de ser o país-sede da Cúpula Global de Enfrentamento à Exploração Sexual Infantil, prevista para 2022. O cancelamento estaria ligado ao desconforto dos organizadores em vincular o evento a um país que bate recorde atrás de recorde de mortos por Covid-19. A Cúpula é realizada pela Aliança Global “WePROTECT”, acordo internacional que reúne 91 países, além de empresas e organizações de combate à pedofilia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.12.20

Profissão de fé

O ex-deputado Marcos Soares está bem cotado para assumir um cargo no Ministério da Família. Soares é filho de RR Soares, líder da Igreja Internacional da Graça e aliado de fé do presidente Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.11.20

Direitos humanos?

A cada hora, o Ministério da Família registra 25 casos de violação de direitos humanos no país, segundo dados que o RR apurou com exclusividade. De 29 de outubro, quando foi lançada, até 9 de novembro, a nova plataforma de recebimento de denúncias da Pasta acumulou exatos 7.139 registros.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.10.20

Já não era sem tempo

O Ministério da Família vai lançar um banco nacional de dados de crianças desaparecidas. A plataforma integrará informações das secretarias de Segurança. Até hoje, o Brasil está no medievo nesse assunto, com cadastros dispersos e índices de identificação de desaparecidos inferiores à média mundial.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.10.20

Século XXI e século XIX

O Ministério da Família está desenvolvendo um aplicativo para auxiliar na busca de crianças e adolescentes desaparecidos. A tecnologia permitirá comparar imagens de câmeras de segurança de locais públicos ou privados com a fotografia da carteira de identidade do menor. Coisa de primeiríssimo mundo, mas com problemas típicos do terceiro. Um dos óbices é o limitado banco de dados disponíveis: uma parcela considerável de menores, sobre-tudo das classes sociais mais baixas, não tem documento de identificação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.08.20

Todas as mulheres de Bolsonaro

Damares Alves vai lançar hoje uma campanha do Ministério da Família em defesa da maior presença de mulheres na política. Faltou combinar dentro de “casa”. A causa é rechaçada por parlamentares da própria base aliada de Bolsonaro, a começar pela deputada Caroline de Toni. Discípula de Olavo de Carvalho, Caroline é autora de projeto de lei que propõe acabar com a cota de 30% de candidatas mulheres.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.08.20

Inteligência artificial contra a violência

Não se sabe bem a quantas anda o projeto do Governo Digital, sob batuta de Paulo Uebel no Ministério da Economia. Mas, a gestão Bolsonaro está lançando uma plataforma que, aos poucos, poderá balizar políticas públicas do Ministério da Família. Trata-se de um sistema que vai minerar e cruzar dados sobre casos de violência contra a mulher, crianças, idosos e adolescentes, com detalhes como tipo de crime e incidência por área geográfica. São informações estratégicas que permitirão ao governo uma melhor distribuição de recursos entre estados e municípios.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.07.20

Damares paz e amor

Ainda que tenha lá seus rompantes, característicos do governo Bolsonaro, a ministra Damares Alves ostenta algum prestígio  internacional. O Ministério da Família contará com recursos do PNUD, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, para lançar uma campanha de prevenção contra a gravidez infantil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.07.20

Limpeza de área

A ala militar do Palácio do Planalto considera que o governo deveria prudentemente afastar do cargo a secretaria nacional de Políticas de Promoção e Igualdade Racial do Ministério da Família, Sandra Terena. Seu marido, o blogueiro Oswaldo Eustáquio, foi preso na semana passada, por decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, no inquérito que apura a organização de atos democráticos. Eustáquio participou da equipe de transição de Bolsonaro em 2018.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.06.20

Recado ao pé do ouvido

Além das redes sociais e da mídia convencional, a nova campanha do Ministério da Família contra a violência doméstica vai chegar à “cena do crime”. Carros de som serão usados em comunidades do Rio, como Rocinha e Complexo do Alemão, e de São Paulo, a exemplo da favela de Paraisópolis. Na quarentena, os registros de agressões a mulher subiram 40% nas grandes capitais brasileiras. É a pandemia da barbárie.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.