fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
20.11.20

DEM que não tem I

Surpreende que o Programa de Aquisição de Alimentos do Ministério da Cidadania até hoje não tenha sido lançado no Amapá, um dos estados com mais baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil. Lá o governador é Waldez Góes (PDT), mas também é a terra do todo-poderoso Davi Alcolumbre, presidente do Senado. Ele e o ministro Onyx Lorenzoni são filiados ao DEM.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Onyx Lorezoni tem propalado aos quatro cantos de Brasília que, se deixar o Ministério da Cidadania, no dia seguinte assume uma Secretaria no governo de Eduardo Leite, no Rio Grande do Sul. Ninguém que ouve a história leva muita fé.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.11.20

Chave do cofre

Uma raposa política de Brasília espalhava ontem que Jair Bolsonaro cogita transferir a gestão do Bolsa Família do Ministério da Cidadania para a Pasta da Família. Seria uma forma humilhante de demitir Onyx Lorenzoni com ele ainda no cargo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O deputado Arthur Lira, unha e carne de Jair Bolsonaro, é forte candidato a assumir o Ministério da Cidadania caso o presidente decida detonar Onyx Lorenzoni, como se diz em Brasília. Lorenzoni já sabe e está se mexendo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.08.20

O pastor de Damares

O raio de influência do procurador da Fazenda e pastor evangélico Sergio Queiroz vai além do Ministério da Cidadania, onde ele ocupa a Secretaria Especial de Desenvolvimento Social. Ele foi o responsável pela recente indicação da advogada Emilly Coelho para o comando da Secretaria Nacional da Juventude, vinculada ao Ministério da Família. Está tudo em casa: durante sua formação religiosa, Queiroz foi discípulo da ministra Damares Alves.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.07.20

Alça de mira

O TCU investiga a denúncia de que a B2T, da área de TI, voltou a se credenciar para licitações no Ministério da Cidadania. Um contrato de R$ 6,9 milhões com a Pasta foi suspenso após a empresa ser acusada de participar de um esquema de desvio de recursos do antigo Ministério do Trabalho. Procurada, a B2T informou que todos os seus contratos com a administração pública “são regulares e estão sujeitos a apreciação dos órgãos de controle.”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.06.20

Vidas secas

O Ministério da Cidadania ainda não distribuiu um centavo dos R$ 23 milhões de reforço orçamentário que recebeu da União para beneficiar trabalhadores rurais de baixa. No sul do país, tem agricultor que mal consegue botar comida na prória mesa devido à seca.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.06.20

Abraços e tapinhas nas costas

Onyx Lorenzoni recebeu Osmar Terra, seu antecessor no Ministério da Cidadania, para uma conversa a portas fechadas na última quinta-feira. A julgar pelos sorrisos exibidos ao fim do encontro, eventuais ressentimentos entre ambos ficaram para trás. Alguns dias antes, Lorenzoni havia feito duras críticas às inconsistências no cadastro dos 15 programas sociais administrados pela Pasta. Não citou nominalmente o antecessor, mas nem precisava. Foi durante a gestão de Terra, no ano passado, que o Ministério da Cidadania fez uma Operação Pente fino na relação de todos os beneficiários. Pelo jeito, não foi tão fino assim.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.06.20

Brasil século XX

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, vai apresentar nos próximos dias um projeto para levar água encanada a escolas públicas do semiárido do Nordeste. O investimento estimado é da ordem de R$ 80 milhões. Em uma primeira etapa, cerca de 30 localidades deverão ser beneficiadas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.05.20

Gargalo

Há cerca de 160 mil pedidos de Benefício de Prestação Continuada (BPC) represados no Ministério da Cidadania. Todos esses beneficiários ainda não receberam um tostão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.