Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

Relacionados

02.04.19
ED. 6085

O “Novo Chatô”?

A 43a Vara Cível do Rio condenou o ator Márcio Garcia e sua produtora MGP a prestar contas em 15 dias sobre o retorno financeiro do filme “Angie” (“Open Road”, na versão americana), dirigido por ele. A ação foi movida pelo produtor Reinaldo Valadares, que, em 2011, investiu US$ 300 mil no longa-metragem. Em sua defesa, Garcia argumentou que o projeto não teve o êxito esperado. Cabe recurso. De qualquer forma, guardadas as devidas diferenças, imagina-se que uma das maiores preocupações de Garcia seja evitar qualquer tipo de comparação com o interminável “Chatô”, que rendeu um longo processo judicial ao cineasta Guilherme Fontes.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.