fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
25.03.20

A liderança de Rodrigo Maia 

Termômetro

POLÍTICA

A liderança de Rodrigo Maia 

 

O presidente da Câmara Rodrigo Maia deve avançar para um papel de liderança nacional, articulando-se com os governadores e tentando ocupar o vácuo deixado pelo presidente Bolsonaro.

É o que se depreende de forte manifestação no final da tarde de hoje, na qual indicou que vai trabalhar em conjunto com a equipe técnica do Ministério da Economia e buscará acelerar – e ampliar –  as medidas de estímulo já anunciadas. Deve aprovar ainda hoje o auxílio a trabalhadores informais e vai capitanear a tramitação do chamado “Plano Mansuetto”, de apoio aos estados, que chegará à Casa amanhã e pode ser votado, em acordo de todos os partidos, até segunda-feira.

Por outro lado, atuará para esvaziar a capacidade de ação política do presidente, criando um polo de poder paralelo com os estados. É esse o sentido da aguda desautorização, hoje, de política de “isolamento vertical” defendida por Bolsonaro. Maia fez questão de salientar , entre outros pontos, que o governo não apresentou nenhum projeto nesse sentido, nem indicou como seria implementado, por exemplo, em favelas.

A grande incógnita é como o presidente reagirá ao processo, dado que a margem que tem para aprofundar qualquer tipo de enfrentamento institucional, hoje, é muito pequena. Também estará em pauta o tipo de articulação que será criada entre o Congresso, governadores e o ministro da Saúde, que hoje buscou mostrar realinhamento com Bolsonaro.

ECONOMIA

Mercado à espera de pacote dos EUA

 

Internacionalmente, o foco estará no Senado norte-americano, no qual o projeto de injeção de US$ 2 trilhões encontrou uma barreira de última hora, hoje à noite, em torno do auxílio a desempregados. Divergências ente republicanos e democratas podem gerar adiamento  que teria impacto negativo em mercados amanhã, mas expectativa ainda é de aprovação nesta quarta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.