fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Madero

Relacionados

30.01.20

Primárias

Dono de 23% do Madero, o Carlyle pretende manter uma participação expressiva na rede de restaurantes após o IPO em Nova York. Os norte-americanos não vão abrir mão do privilégio de sentar lado a lado com um potencial futuro presidente da República, Luciano Huck, também acionista do Madero.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.01.20

O candidato

Junior Dursk, fundador do Madero, conta com a presença do sócio Luciano Huck no road show da cadeia de restaurantes em Nova York. O astro, que detém 5% do negócio, ainda não respondeu ao convite. O IPO deve sair ainda neste semestre.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.04.19

Caldeirão do hambúrguer

Não obstante ter uma participação reduzida no capital, Luciano Huck tornou-se conselheiro majoritário de Junior Durski, dono do Madero. É Huck que tem ajudado o Durski a traçar os planos de IPO da empresa no segundo semestre e a reabertura de restaurantes nos Estados Unidos. O Madero chegou a ter uma unidade em Miami, fechada há quase um ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.10.18

Hambúrguer mal passado

A rede de restaurantes Madero estaria negociando um novo aporte da Hemisfério Sul Investimentos (HSI), sócia do negócio. A capitalização daria fôlego para a empresa atravessar os próximos meses até o possível IPO, previsto para 2019. Em 2015, a HSI injetou quase R$ 90 milhões no Madero. No início deste ano, a conta do jantar ficou mais salgada: a gestora subscreveu R$ 380 milhões em debêntures para cobrir a dívida da cadeia de restaurantes. Ainda assim, está difícil acertar o molho financeiro do Madero. Apesar da rápida expansão, ou talvez por causa dela, a empresa tem operado quase sempre no vermelho.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.