fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Luiz Eduardo Falco

Relacionados

06.04.21

Balanços da CVC na mira da CVM

O cerco se fecha em torno de Luiz Eduardo Falco, ex-CEO da CVC, e de outros ex-dirigentes da empresa. A CVM abriu dois processos administrativos para apurar possíveis irregularidades nas demonstrações contábeis da companhia – o órgão regulador confirmou a informação ao RR. Paralelamente, investigações conduzidas pela própria empresa apontam supostas distorções de R$ 362 milhões nos balanços anteriores a 2020. A CVC estuda abrir um processo de arbitragem para pedir ressarcimento dos possíveis prejuízos a Falco e a outros três ex-executivos.  Procurada, a empresa informa que “a deliberação sobre o ingresso ou não de ação de responsabilidade é de competência dos acionistas, a ser definida em Assembleia Geral que será realizada em 27/4”. A CVC diz ainda que “não comenta sobre eventuais processos administrativos que estejam em curso ou possam ser instaurados perante a CVM”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.