fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Liberty Media

30.07.21

Um revés para São Paulo

Há uma tensão entre os organizadores do GP São Paulo de F-1, marcado para novembro. A Liberty Media, dona da categoria, tem sinalizado que poderá realizar o evento de portões fechados – já foram vendidos cerca de 40 mil ingressos. Tudo dependerá do ritmo de vacinação e do número de casos de Covid-19 em São Paulo. Nos últimos 15 dias, ressalte-se, a média móvel caiu de 10 mil para oito mil casos diários. No entanto, os norte-americanos estão levando em consideração a presença da variante Delta em São Paulo.

Em tempo: os portões fechados seriam uma ducha de água fria para o governador João Doria, que tem planos de transformar o GP em uma grande vitrine internacional das suas ações de combate à pandemia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.09.20

Pole position

Uma fonte pole position do RR informa que a Liberty Media, dona da Fórmula 1, sondou a ESPN sobre o interesse em adquirir os direitos de transmissão da categoria no Brasil. A emissora exibe a F-1 nos Estados Unidos. A Globo já anunciou não ter interesse em renovar o contrato com a Liberty Media. Ao menos não nos termos atuais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.05.20

Fórmula 1 no acostamento

A Liberty Media, que comanda a Fórmula 1, sinalizou à Prefeitura de São Paulo que o Brasil poderá ficar de fora da temporada deste ano. A palavra final será dada até agosto, a tempo de uma eventual readequação do calendário. A prova de Interlagos está marcada para novembro. Os dirigentes temem que até lá o país ainda esteja com um número preocupante de casos de Covid-19.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.