fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
21.12.21

A Lava Jato e seus afogados

O fundo do braço direito do lavajatado Jaime de Paula, Marcel Arins, tenta, junto com Katia Negreiros, desesperadamente captar dinheiro para fazer qualquer negócio em venture capital. O mercado anda escaldado de abraço de afogado, ainda mais após a Operação Hemorragia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.12.21

Partido da Lava Jato

O ex-procurador Carlos Fernandodos Santos Lima, um dos “homens de ouro” da Lava Jato, bateu o martelo: vai concorrer à Câmara dos Deputados. Junta-se a Sergio Moro e Deltan Dallagnol no Podemos para reeditar a “República de Curitiba”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.21

Infraestrutura abre as comportas do FMM para a indústria naval

O ministro Tarcísio Freitas parece um foguete. Agora, chamou para si a missão de reverter o quadro anímico da indústria naval no país. O Ministério da Infraestrutura vai afrouxar as rédeas do Fundo da Marinha Mercante (FMM), administrado pela Pasta. A ideia é flexibilizar os critérios para a concessão de recursos, contemplando um número maior de projetos.

A Pasta pretende também reduzir o período de análise dos pedidos de empréstimo, que, em alguns casos, se arrastam por quase dois anos. Segundo o RR apurou, as novas regras deverão ser anunciadas até janeiro. Em contato com a newsletter, o Ministério da In[1]fraestrutura confirmou que “estuda aprimorar os critérios para prover re[1]cursos para o setor naval por meio do Fundo da Marinha Mercante.”.

Ainda de acordo com a Pasta, “esse processo de revisão está em andamento e será detalhado quando finalizado.” O FMM e consequentemente a indústria naval ainda pagam o preço da Lava Jato. A Operação investigou mais de R$ 5 bilhões em repasses do Fundo da Marinha Mercante a em[1]preiteiras durante os governos do PT. Como consequência, o governo adotou regras mais draconianas para a concessão de empréstimos. Hoje, no entanto, há um consenso na equipe de Tarcísio Freitas de que o torni[1]quete apertou demais. O orçamento do FMM para este ano contempla R$ 6,8 bilhões. Até agora, no entanto, o Ministério liberou apenas 17% desse valor, ou seja, R$ 1,2 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.11.21

“Me esqueçam”

Sérgio Andrade, controlador da Andrade Gutierrez, está praticamente jogando o chapéu. Tem ficado mais em Portugal do que no Rio, sua residência oficial, ou em Belo Horizonte, onde reside parte do clã. A Lava Jato deixou marcas profundas no empresário. Ele simplesmente não quer mais ter a vida desgastante de acionista e CEO, ainda que informal. Se fosse simples, passava a empresa para  frente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.10.21

As seguidas mortes da Lava Jato

No MPF, Augusto Aras é apontado como o mentor do processo aberto pelo Conselho Nacional do Ministério Público contra 11 procuradores que integravam a força-tarefa da Lava Jato no Rio. Eles são acusados de terem divulgado informações sigilosas da operação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.10.21

Guerra à vista no Ministério Público

Segundo o RR apurou, o procurador federal Castor de Mattos vai para a briga. Mattos pretende recorrer não só ao próprio Conselho Nacional do Ministério Público, mas também à Justiça contra a sua demissão, decretada na última segunda-feira pelo colegiado. O procurador foi guilhotinado por ter patrocinado um outdoor em apoio à Lava Jato.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.08.21

Sabatina training

André Mendonça tem visto e revisto vídeos da recente sabatina de Augusto Aras no Senado. O candidato ao STF vem sendo aconselhado por aliados a repetir o tom sereno de Aras e, sempre que possível, dar uma estocada na Lava Jato. Esse discurso é música para os ouvidos dos parlamentares.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.07.21

A agenda da CIA

O diretor da CIA, William J. Burns, conversou sobre três assuntos, entre outros, com Jair Bolsonaro: Sérgio Moro, Lula e Lava Jato. A fonte da informação é quentíssima. Burns encontrou o presidente Bolsonaro no dia 1o de julho, em uma “visita de cordialidade”, sem que a agenda fosse divulgada pelo Palácio do Planalto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.05.21

A Lava Jato não pega mais ninguém

Apontado como cúmplice do doleiro Dario Messer, o ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes livrou-se da Lava Jato. O TRF-2 extinguiu o processo contra Cartes, acusado de ter ajudado na fuga de Messer para o país vizinho, em 2018. Em 2019, o juiz Marcelo Bretas chegou a expedir uma ordem de prisão contra o ex-presidente paraguaio. Livre no Brasil, Cartes ainda responde a uma ação em seu país por suposta associação criminosa com Messer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.03.21

Lava Jato em vertigem

Uma fonte do RR ligada a Petra Costa disse que a diretora de “Democracia em Vertigem” estuda produzir um documentário sobre a derrocada da Lava Jato e de Sergio Moro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.