Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Klabin

Relacionados

07.01.19
ED. 6027

Papel moeda

A Klabin será uma das primeiras grandes corporações a testar o humor do mercado internacional em relação ao Brasil de Bolsonaro. Pretende realizar até março uma emissão de bonds da ordem de US$ 400 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.11.18
ED. 5997

Efeito Bolsonaro?

A Klabin deverá anunciar antes da virada do ano um pacote de investimentos da ordem de R$ 6 bilhões na produção de celulose.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.08.18
ED. 5942

Captação à vista

A Klabin deverá testar os humores do mercado internacional às vésperas das eleições. A empresa prepara uma emissão de títulos no exterior para financiar seus dois grandes projetos de expansão: a instalação de uma linha para a produção de celulose e outra de papel-cartão. O desembolso passa de US$ 1,5 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.05.17
ED. 5624

O legado de Fabio Schvartsman

Fabio Schvartsman, que assumiu a presidência da Vale, não ficou para a consumação do feito. Mas, dentro da própria Klabin, a expectativa é que ainda neste ano a companhia passe a figurar entre as dez maiores produtoras de celulose do mundo. O bilhete para o seleto rol virá com a operação, a pleno vapor, da nova fábrica no Paraná, a unidade Puma, com capacidade de produção de 1,5 milhão de toneladas. Foi o principal investimento da gestão Schvartsman e um dos maiores projetos da história da Klabin: R$ 8,5 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.05.17
ED. 5613

Klabin estica sua dívida

A prioridade do novo CEO da Klabin, Cristiano Cardoso Teixeira, é acelerar o processo de alongamento do passivo. Nos últimos 12 meses, a relação dívida líquida/Ebitda recuou de 6,2 para 5,3 vezes. Está longe de ser um índice confortável para os acionistas da Klabin. A intenção é trazer essa relação a três para um até 2019, igualando o menor nível de alavancagem dos últimos dez anos. Entre as engenharias discutidas, ganha força a proposta de uma emissão de bônus no exterior para a repactuação da dívida de curto prazo, que hoje somam R$ 12 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.03.17
ED. 5580

Papel moeda

O investimento de R$ 8,5 bilhões na fábrica de celulose de Ortigueira (PR) está cobrando um preço contábil alto da Klabin. A relação dívida líquida/Ebitda ultrapassou a marca de cinco para um. A empresa está empenhada em trazer essa proporção para 4,5 vezes até o fim do ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.10.16
ED. 5477

Bons ventos

 Os relatórios comerciais da Klabin trazem um sopro de esperança. Entre janeiro e setembro, as vendas de papelão ondulado – utilizado pela indústria de embalagens – cresceram 5% em relação a igual período em 2015. • Procuradas, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Klabin.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.05.16
ED. 5364

Help

 A Klabin estuda o lançamento de títulos no exterior no esforço para alongar seu endividamento de curto prazo. A alvancagem da empresa está em níveis, digamos assim, desconfortáveis. O passivo total da fabricante de celulose equivale a seis vezes o Ebitda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.07.15
ED. 5167

Papel-moeda

A Klabin considera o momento propício para uma captação no exterior. Com o câmbio a favor e a demanda por celulose razoavelmente firme na China, a ação da empresa acumula uma alta de 40% no ano. Procurada, a Klabin não se pronunciou, alegando estar em período de silêncio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.02.15
ED. 5057

Apesar da retração econômica

Apesar da retração econômica e da queda dos preços do insumo, a Klabin avança na construção de sua primeira fábrica de celulose. Até o fim de fevereiro, cerca de 30% das obras do futuro complexo de Ortigueira (PR) já estarão concluídos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.