Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
23.08.18
ED. 5938

BNDES adia saída do Marfrig

Ainda que por vias oblíquas, a venda da Keystone pelo Marfrig abalroou os planos do BNDES. O banco está revendo a decisão de vender sua participação no frigorífico ainda neste ano, por meio de um leilão em bolsa. O motivo é a queda do papel, acentuada pelo impacto da negociação da subsidiária norte-americana. Em menos de um mês, o Marfrig perdeu 20% do seu valor de mercado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.04.18
ED. 5843

Rearrumando as peças

O Marfrig rearruma suas peças nos EUA. Paralelamente à compra da National Beef, já teria aberto negociações para a venda da Keystone à Tyson Foods.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.10.17
ED. 5735

Oferta de ações para 2018

O Marfrig prepara uma oferta de ações para 2018. A operação se daria logo após o IPO da Keystone, sua subsidiária americana.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.09.17
ED. 5714

Entre o filé e o acém

A abertura de capital da Keystone é o fiel da balança em relação ao preocupante nível de alavancagem do Marfrig. Se o IPO da subsidiária norte-americana sair, a relação dívida líquida/ebitda cai de 4,5 para o mais do que palatável nível de 2,5. Caso contrário, nos cálculos do próprio Marfrig, o índice vai romper a barreira do cinco para um já no primeiro trimestre de 2018.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.08.17
ED. 5686

Em breve…

O IPO da Keystone, braço do Marfrig nos Estados Unidos, deverá sair em novembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.07.17
ED. 5672

Cabeça de ponte

Dois anos após vender a irlandesa Moy Park por cerca de US$ 1,5 bilhão, o Marfrig voltou a mirar a Europa. Vai partir para aquisições no Velho Continente logo após o IPO do braço internacional do grupo, a Keystone. É uma forma de entrar no campo do “inimigo” e contornar os efeitos da Carne Fraca sobre as exportações do Brasil. Procurada, a empresa não se pronunciou, alegando se encontrar em período de silêncio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.06.17
ED. 5639

Marfrig tempera o IPO da Keystone

O Marfrig está engordando o valuation da Keystone, sua subsidiária internacional, de olho no IPO previsto para o segundo semestre. Já autorizou a construção de uma nova fábrica de alimentos na Tailândia e o projeto de expansão da unidade da Malásia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.04.17
ED. 5605

Marfrig dá a partida no IPO da Keystone

O Marfrig bateu o martelo: o IPO da Keystone, sua subsidiária nos Estados Unidos, vai sair no início do segundo semestre, provavelmente em julho. Tão ou mais importante do que a data da operação são as projeções com as quais a empresa trabalha. A expectativa do Marfrig é que a precificação da Keystone atinja uma relação Ev (Enterprise Value)/ Ebitda de 10 vezes – as previsões iniciais apontavam para um valor em torno de seis vezes o Ebitda.

Caso a nova estimativa se confirme, a empresa terá, na partida, um valor de mercado da ordem de US$ 2,5 bilhões. Se a oferta alcançar 30% do capital, significa dizer que o Marfrig poderá embolsar algo em torno de US$ 750 milhões. Seria um alívio e tanto para o caixa do frigorífico. Essa cifra corresponde, por exemplo, a 50% da dívida de curto prazo. O salto na precificação da Keystone está diretamente ligado aos resultados recentes da empresa.

No ano passado, o braço do Marfrig nos Estados Unidos teve o maior Ebitda de sua história – US$ 252 milhões. Além disso, nos últimos dois anos, a companhia reduziu sua “indexação” ao Mc Donald ́s, que sempre foi vista pelos analistas como um fator de risco. A participação da rede de fast food no faturamento caiu de 90% para 57%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.03.17
ED. 5580

O target da Marfrig

US$ 1 bilhão. Esta é a expectativa de arrecadação da Marfrig com a abertura de capital da Keystone, sua subsidiária nos Estados Unidos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.02.17
ED. 5557

American arm

O Marfrig pretende realizar o IPO da Keystone, seu braço nos Estados Unidos, até setembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.