fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
31.05.22

Distância de bola dividida

A guerra fria entre Jair Bolsonaro e a Justiça Eleitoral ricocheteou – quem diria? – na CBF. O novo presidente da entidade, Enaldo Rodrigues, está receoso em seguir com a campanha firmada com o TSE para incentivar a população a participar das eleições. Em 2020, por exemplo, a ação envolveu 16 clubes da Série A e impactou cerca de 38 milhões de pessoas nas redes sociais. Eram outros tempos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Na semana passada, emissários do Palácio do Planalto sondaram ministros do TSE para checar se o pacote de crédito para micro, pequenas e médias empresas, em gestação no Ministério da Economia, fere a legislação eleitoral. A resposta foi um balde de água fria. O entendimento é que, no formato atual, a edição da medida em ano de eleição é ilegal. Ainda assim, o governo não se dá por vencido. A área jurídica da Casa Civil estuda mudanças no texto para que ele passe pelo crivo da Justiça Eleitoral.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Valdemar da Costa Neto vai testar seu poder de fogo junto à Justiça Eleitoral. Segundo o RR apurou, o PL, seu partido, vai entrar com uma ação no TSE com o objetivo de retomar o mandato do deputado federal Sebastião Oliveira. Eleito pela legenda em 2018, o parlamentar se transferiu para o Avante. Os advogados de Valdemar alegam que Oliveira se filiou no novo partido dois meses antes de pedir desligamento do PL.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.