Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
08.10.19

Frota, o articulador

O governador João Doria, com suas mesuras públicas à deputada, pode até levar a fama. Mas o principal articulador da possível ida de Joice Hasselmann para o PSDB é Alexandre Frota.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.08.19

Ideologia é mais forte do que o gênero na bancada feminina

Uma tropa de choque, liderada pelas onipresentes Joice Hasselmann e Carla Zambelli, quer passar como um trator sobre a proposta de criação de um sistema de cotas para mulheres no Legislativo. O objetivo é matar o “mal” pela raiz, convencendo Rodrigo Maia a sequer levar à votação em plenário a PEC 134/2016, já aprovada por uma comissão especial da Câmara. A PEC estabelece um piso gradativo – de 10% a 16% nas próximas três eleições – de vagas destinadas a mulheres no Congresso, nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras Municipais. As duas deputadas trabalham ainda para acelerar a votação do PL de Renata Abreu (Podemos-SP), que extingue a cota obrigatória de 30% de candidaturas femininas imposta a todos os partidos desde 2009. A ofensiva das “deputadas de Bolsonaro” é uma resposta à articulação conduzida por outro grupo de congressistas, entre as quais Tabata Amaral, Jandira Feghali e Benedita da Silva. Esta secção da bancada feminina pressiona Rodrigo Maia para que a tramitação da PEC 134/2016 seja retomada logo após a votação da reforma da Previdência em segundo turno. Mais do que isso: há um movimento para apresentar uma “emenda da emenda”, ampliando o percentual da cota destinada a mulheres no Legislativo para 20%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.06.19

Prévias tucanas

Um dos “pratos” que mais fizeram sucesso no jantar oferecido pelo empresário Paulo Marinho a João Doria, na última sexta-feira, no Rio, foi “fritada de Bruno Covas”. Joice Hasselmann foi cortejada durante toda a noite pelos tucanos. A deputada do PSL é o sonho de consumo de Doria para disputar a prefeitura pelo PSDB em 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Ontem, Joice Hasselmann fez uma blitzkrieg no Congresso, orientando parlamentares alinhados ao governo a dar declarações públicas de apoio a Sergio Moro e Deltan Dellagnol. Basicamente, a recomendação se aplica apenas aos novatos do PSL. Os veteranos do Congresso têm motivo de sobra para querer ver a “República de Curitiba” pelas costas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.06.19

Spoiler

Com a eloquência peculiar, Joice Hasselmann circulava ontem pela Câmara dizendo que o relatório do deputado Samuel Moreira sobre a reforma da Previdência “já está pronto” e não mudará “nem uma vírgula”. Faltou combinar com o próprio Moreira, que promete concluir o parecer apenas na próxima terça-feira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.19

Musas do PSL

Joice Hasselmann tem sido estimulada pela ala mais radical do PSL, a começar pelo Major Olímpio, a lançar imediatamente sua candidatura à Prefeitura de São Paulo em 2020. Antes que Janaina Paschoal o faça.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.05.19

Parlamentar fantasma

Só no Palácio do Planalto, o Major Vitor Hugo ainda é visto como líder do governo na Câmara. Além de Rodrigo Maia, que rompeu relações publicamente com ele, parlamentares do DEM, PP e MDB não perdem mais tempo em audiências estéreis com o deputado goiano. Quando querem “falar” com o Planalto, procuram Joice Hasselmann.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.05.19

Governo empurra sindicato para as cordas

O governo Bolsonaro está empenhado em acuar as centrais sindicais no canto do ringue e enfraquecê-las ainda mais antes da reforma da Previdência. Nos últimos dias, deputados da base governista, à frente Joice Hasselmann, têm feito um intenso corpo a corpo com líderes partidários para acelerar a votação da Medida Provisória 873. A MP restringe o financiamento dos sindicatos, extinguindo o desconto em folha obrigatório das contribuições. As articulações conduzidas por Joice foram decisivas para que a Comissão mista da Câmara e do Senado fosse instalada na semana passada – a previsão original era que ela só sairia do papel no fim do mês. O governo corre contra o relógio: a MP perderá a validade em 28 de junho.

Na mão contrária, os heróis da resistência também tentam se articular. Diante do enfraquecimento dos sindicatos, a Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social tornou-se um dos mais aguerridos grupos de enfrentamento à Medida Provisória. Na semana passada, obteve uma liminar contra a MP. Além disso, tem feito pressão junto a parlamentares contra a aprovação do projeto. No final, vai ser só para cumprir tabela.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.05.19

CPI do Fies a caminho

Parlamentares do PSL, a começar pela onipresente Joice Hasselmann, estão costurando o apoio de outros partidos para a criação da CPI do Fies, com o objetivo de investigar o repasse de recursos a grupos privados da área de educação. A Comissão quase saiu do papel no governo Temer, mas acabou no fundo da gaveta. Agora, ao que parece, a escalada da narrativa para justificar a CPI já começou: nesta semana, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, chamou o Fies de “desastre” e “tragédia”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.03.19

Inimigo íntimo

A bancada do PSL, a começar pela indômita Joice Hasselmann, tem feito duras críticas nos bastidores ao correligionário Felipe Francischini, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Mais de um mês após o presidente Jair Bolsonaro encaminhar à Casa a proposta da reforma da Previdência, a CCJ sequer deu a partida na análise de admissibilidade do projeto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.