fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Isobar

Relacionados

27.02.20

Procura-se um social media no Planalto

A gestão Bolsonaro deverá sofrer nos próximos dias um desfalque numas das áreas em que é mais forte: a comunicação nas mídias digitais. A Isobar, que cuida das redes sociais do Palácio do Planalto, vai suspender seus serviços nos próximos dias. Controlada pelo Grupo DAN, do Japão, a agência está sem receber há 18 meses. A Isobar já comunicou aos 80 funcionários envolvidos na operação que todos estarão dispensados a partir de 1o de março. O contrato de R$ 33 milhões com a Secom termina neste mês e até o momento não há qualquer sinal por parte do Palácio do Planalto de que será prorrogado. Segundo o RR apurou, a Secretaria deverá realizar uma nova licitação. Procuradas, a Secom e a Isobar não se pronunciaram.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.