fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
20.08.21

O velho mercado de Paulo Guedes

Paulo Guedes deve se arrepender amargamente de ter vendido, em 2016, sua participação no Hortifruti, do qual era sócio ao lado da Bozano Investimentos. Como ministro da Economia, imagina-se que seria no mínimo desconfortável, senão proibitivo, ele manter qualquer ingerência em companhia aberta. Ainda que Paulo Guedes saiba como contornar essas situações. Poderia, por exemplo, deixar o ativo nas mãos da própria Bozano. A verdade é que, àquela altura, mesmo Guedes, com toda a sua onisciência, não conseguiria imaginar que o IPO passaria na sua frente trazendo possibilidades de lucro inesperadas.

Por falar em Hortifruti, a empresa pode ganhar companhia na fila do IPO. Os controladores do Zona Sul, outra tradicional rede de supermercados do Rio, estudam a abertura de capital da empresa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.07.21

Hortifruti sobe de prateleira

O Hortifruti, rede de supermercados do Rio, já olha para 2022: seu plano estratégico prevê a abertura de 20 lojas, no que será a maior expansão da história da empresa em um só ano. E pode ser mais se o IPO sair. No controle do negócio está o suíço Partners Group, hoje no lugar que um dia já foi da dupla Julio Bozano e Paulo Guedes. Consultado sobre a expansão, o Hortifruti disse que “está em constante avaliação para oportunidades de mercado”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.03.21

Às compras

Um grande fundo de investimento norte-americano está com o pé na soleira do Hortifruti, rede de supermercados do Rio com 48 lojas e faturamento da ordem de R$ 2 bilhões/ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.02.21

…E outra no varejo

O Hortifruti, uma das principais redes de supermercados do Rio, está na mira do Advent. Não custa lembrar que Paulo Guedes já foi acionista do grupo varejista por meio da BR Investimentos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.09.19

Pepinos e abacaxis

A promessa do fundo suíço Partners Group de expandir a rede Hortifruti não saiu do papel. Pelo contrário. Dois anos após a gestora assumir o controle, o número de lojas caiu de 43 para 37. A fé dos suíços em relação ao país não foi restabelecida nem mesmo com um velho conhecido à frente da economia brasileira. Por meio da BR Investimentos, Paulo Guedes foi acionista do Hortifruti ao lado do Bozano. Deixou o negócio em 2017.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.