fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
02.06.22

O lado disruptivo da GP Investimentos

A G2D, braço de investimentos “disruptivos” da GP, planeja investir em projetos de créditos de carbono na Europa. De acordo com a mesma fonte, os aportes devem se dar em parceria com a gestora inglesa The Craftory, da qual é uma das acionistas. Em  tempo: é uma forma da G2D compensar a maré de prejuízos, com a queda das cotações das criptomoedas. A gestora é uma das principais investidoras da 2TM, leia-se Mercado Bitcoin.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.03.22

Energia da GP

A GP mira em energia renovável. A gestora planeja investir em startups especializadas em soluções para geração eólica e solar. Já haveria dois negócios engatilhados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.03.22

Greentechs

A G2D, braço de venture capital da GP Investimentos, pretende investir em greentechs, startups voltadas a projetos de sustentabilidade. Ressalte-se que Fersen Lambranho, sócio da GP, já tem um pé nesse território, por meio da Amaz, aceleradora de empresas na Região Amazônica.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

A GP Investimentos está avaliando ativos no mercado de pet shops. Seguiria, assim, os passos de outros players pesos-pesados, como a Kinea, leia-se Itaú, e o Grupo Jereissati, que compraram participações em empresas do setor.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.12.21

Um pé fora

A GP Investimentos estaria preparando a venda de suas ações no Grupo SBF, dono da rede de lojas Centauro. A fatia é de aproximadamente 20%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.12.21

Esporte de alto rendimento

Uma importante gestora internacional está rondando a Centauro, rede de lojas de material esportivo. Controlada pelo empresário Sebastião Bonfim Filho, a companhia tem entre seus acionistas relevantes a GP Investimentos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.07.21

Oferta sobre o balcão 1

A BR Properties, dona de uma das maiores carteiras de imóveis comerciais do país, estuda uma nova emissão de ações. A operação permitiria à GP Investimentos – maior acionista da empresa, com 58% do capital – reduzir sua participação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.09.20

Conexão Lima

A IG4, do ex-GP Investimentos Paulo Mattos, prepara uma oferta pública para a aquisição das ações da construtora Graña y Montero na Bolsa do Peru. Com a operação, a gestora vai consumar a compra do controle da maior empreiteira peruana. Talvez seja a parte menos complexa da investida da IG4 no país andino. Mattos e seus sócios estão submersos em negociações para fechar o pagamento de indenizações ao governo do Peru. A Graña y Montero acabou abalroada pelos desdobramentos da Lava Jato em território peruano. Dois ex-dirigentes da empreiteira foram condenados sob a acusação de pagamento de propina a autoridades locais, entre elas o ex-presidente do Peru Alejandro Toledo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.07.20

Vitrine lotada

Após assumir todos os negócios da Nike no Brasil, a Centauro estaria negociando a compra das operações de outras duas marcas esportivas internacionais no país. Ressalte-se que a rede varejista, que tem a GP Investimentos entre seus acionistas, acaba de captar cerca de R$ 900 milhões com uma oferta de ações.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.08.19

Porta de saída

A GP Investimentos conversa com fundos estrangeiros para a venda da sua participação de 33% na rede de salões Beleza Natural. A empresa, ressalte-se, já tem um pé nos Estados Unidos, com uma loja no Harlem, em Nova York.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.