fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
09.04.20

A fritura de Mandetta e a reação de Rodrigo Maia

Termômetro

POLÍTICA

A fritura de Mandetta e a reação de Rodrigo Maia

 

Conversa entre o ministro Onyx Lorenzoni e o ex ministro Osmar Terra, criticando duramente o ministro Mandetta e a política de quarentena, provocará nova onda de atrito com o Congresso no final de semana, particularmente com Rodrigo Maia e o DEM. O desgaste virá no momento em que o governo tenta retomar algum protagonismo no Congresso, negociando diretamente com o Centrão.

Não se pode descartar, inclusive, que a conversa tenha sido vazada propositadamente, como parte de operação do Planalto para fritar Mandetta e enfraquecer Maia. Haverá reação do presidente da Câmara, publicamente e nos bastidores. Parte desse movimento deve vir em votação do “Orçamento de Guerra”, que pode ocorrer na segunda feira e ampliar poderes do Congresso. Bem como em pacote voltado para estados.

De toda forma, a conversa será lida como: 1) Evidência da fragilidade do ministro Mandetta no cargo; 2) Mobilização de parte do governo federal para flexibilizar medidas de isolamento social, em linha que será parcialmente seguida, ainda que sem a agressividade de Bolsonaro, por alguns governadores (como o do DF); 3) Articulação de Osmar Terra para assumir o ministério da Saúde.

O posicionamento do Ministro Mandetta diante do vazamento, bem como do presidente e de outros ministros, serão outros fatores nesse jogo.

 

ECONOMIA

Pacotes nos EUA e União Européia; acordo Arábia Saudita – Rússia

 

O mercado estará atento, nos próximos dias, para novos pacotes de estímulo econômico, na União Europeia e nos EUA. Na Europa, expectativa será pelo cronograma e o formato de programa acordado hoje entre os ministros de finanças dos países que compõe o bloco, que envolveria mais de 500 bilhões de euros. Já nos EUA, a liberação de novos investimentos, na casa de US$ 250 bilhões, que está travada no Senado, voltará a ser discutida nesta sexta feira.

Outro assunto de destaque será a concretização ou não de acordo entre Arábia Saudita e Rússia – bem com a possibilidade de ser estendido – para a reduzirem a produção em um total de 10 milhões de barris de petróleo. O tema estará na pauta de reunião com ministros de energia do G20 amanhã.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.