fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
27.01.22

Capital e trabalho voltam ao ringue

Segundo o RR apurou, a Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário e do Ministério Público da União) estuda entrar no STF para exigir o reajuste salarial da categoria caso as tratativas com o governo não avancem. Do lado do MP, o PGR Augusto Aras já foi convocado para buscar um diálogo com os procuradores. Missão árdua. A insatisfação entre os servidores do órgão é grande. Estudos da Fenajufe mostram que a defasagem salarial da categoria desde 2019 já ultrapassa os 15% em relação à inflação do período.

A Ford vai ser alvo de uma enxurrada de ações trabalhistas. Segundo uma fonte do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, ex-funcionários de empresas terceirizadas estão se mobilizando para entrar na Justiça contra a montadora. O entendimento do sindicato é que eles têm direito a indenização por quebra de contrato, assim como os empregados da antiga fábrica de Camaçari. Ao todo, são 1,5 mil trabalhadores terceirizados.

Os dirigentes da Força Sindical e da CUT articulam uma audiência com Josué Gomes da Silva. Uma vez confirmado, será o primeiro encontro de Josué com representantes dos trabalhadores como novo presidente da Fiesp. Ressalte-se que o relacionamento entre
as centrais e seu antecessor, Paulo Skaf, se deteriorou depois que o então no1 da Fiesp apoiou a reforma trabalhista e, sobretudo, o fim do imposto sindical. E foi de vez para o vinagre com a proximidade política entre Skaf e o presidente Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.12.21

Há vagas para estacionar

O governador do Ceará, Camilo Santana, deverá despachar uma comitiva para a Ásia no início de 2022. Missão: encontrar uma montadora para assumir a fábrica da Ford em Horizonte, que encerra sua produção no fim do mês. Em jogo, cerca de 400 postos de  trabalho.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.12.21

Buracos no asfalto

A Ford deve utilizar sua nova fábrica no Uruguai para fornecer peças ao mercado brasileiro. No entanto, apenas para alguns modelos de veículos de passeio. Entre os próprios concessionários da montadora, há o receio de falta de componentes de reposição a partir de dezembro, quando a Ford encerra sua produção no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.10.21

Uma luz no fim do túnel

A chinesa Changan sinalizou ao governo do Ceará interesse em ficar com a fábrica da Ford na cidade de Horizonte.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.10.21

Apagão na Ford

Após anunciar o fim da produção de veículos no país, o que resta da operação brasileira da Ford é só incerteza. Não há definição sobre os modelos que serão importados e comercializados no país a partir de 2022. E quando há, como é o caso da já confirmada Ford Maverick, nem mesmo os executivos da Ford Brasil sabem a data de lançamento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.09.21

Ferro velho?

Está faltando peça de reposição na rede autorizada da Ford no Brasil. Com a decisão da montadora de virar as costas para o país, esperava-se o que? Consultada, a Ford não se pronunciou.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.08.21

Carreata chinesa

Além da Great Wall Motors, que comprou a fábrica da Ford em Camaçari (BA), mais uma grande montadora chinesa tem planos de entrar no Brasil: a Changan Automobile. Na prática, será um retorno. A montadora já atuou no país entre 2006 e 2016 quando ainda se chamava Chana Motors.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.08.21

Rastro de demissões

O RR apurou que a Ford negocia com empresas de logística de armazenagem a venda da fábrica de jipes da Troller em Horizonte (CE). Seria o fim para os quase 500 operários da unidade, ainda na expectativa de que outra montadora assuma a instalação.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.07.21

Prejuízo certo

O brasileiro já deixou a Ford antes mesmo da Ford deixar o Brasil. Os estoques das concessionárias da marca estão abarrotados. Os consumidores não querem pagar o mico de comprar o veículo de uma montadora que vai interromper sua produção no país em dezembro – sabe-se lá como ficarão os serviços de manutenção e a reposição de peças. Entre janeiro e maio deste ano, as vendas da Ford no Brasil caíram 71% em comparação a igual período em 2020 – no mesmo intervalo, ressalte-se, o setor como um todo cresceu 32%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.07.21

Great Wall estaciona no Brasil

A montadora chinesa Great Wall Motor joga com dois peões para entrar no mercado brasileiro: ao mesmo tempo em que negocia a compra da fábrica da Daimler/Mercedes em Iracemópolis (SP), teria aberto conversações com a Ford para ficar com a unidade da empresa em Camaçari (SP). Trata-se de um leilão às avessas: quem pedir menos fecha o negócio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.