fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
01.10.21

Flamengo implode projeto de nova liga no futebol brasileiro

A nova liga com os grandes clubes brasileiros está se esfarelando antes mesmo da sua criação. O motivo para a iminente implosão do projeto vem, em grande parte, da recente aprovação da Lei do Mandante, que permite a venda individual dos direitos de transmissão. Segundo o RR apurou, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, estaria se aproveitando da lei recentemente sancionada por Jair Bolsonaro para esvaziar o modelo de negociação em bloco dos contratos com a TV – uma das premissas, se não a maior razão para a criação da liga. Ao contrário da maioria dos demais dirigentes, Landim seria defensor não apenas da venda isolada dos direitos, clube a clube, mas também da pulverização dos acordos em diferentes plataformas.

Há muito nas entrelinhas dessa postura. Na prática, seria uma maneira de brecar um contrato com um único player detentor de várias mídias (TV aberta, fechada, pay peview e streaming, por exemplo) a partir de 2024, quando se encerram os acordos atualmente em vigor. Procurado pelo RR, o Flamengo não quis se pronunciar. O Flamengo joga um jogo só dele.

O que se diz nos bastidores é que o clube já estaria mantendo conversas paralelas com plataformas de streaming, a exemplo da Amazon, para a venda de forma individual dos direitos de transmissão. O Flamengo estima que, dessa forma, poderia arrecadar até 30% a mais do que repartindo o bolo com os demais clubes dentro da liga. A postura de Rodolfo Landim transformou as discussões em torno da criação da nova liga em um “nós contra ele”. As divergências têm sido constantes. Segundo o RR apurou, ao menos duas recentes reuniões virtuais acabaram em bate-boca. De acordo com a mesma fonte, os principais antípodas do Flamengo, e de Landim, têm sido dirigentes do Palmeiras e do Atlético-MG. Consultados, os clubes paulista e mineiro também não quiseram se manifestar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.09.21

Concessão?

Concessão é pouco. O que o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, quer mesmo é comprar o Maracanã de vez. Apoio político para a investida, como se sabe, não lhe falta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.09.21

Urubu além-mar

Nos planos mirabolantes de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, está em até dois anos a aquisição de um grande ídolo europeu. Quem estiver mirando em Portugal não errou de caravela.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.08.21

Dilema rubro-negro

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, está batendo de frente com a sua “equipe econômica”. Candidato à reeleição no fim do ano, Landim quer fazer uma grande contratação no futebol. Mas enfrenta resistências na área financeira. No primeiro semestre, o clube teve R$ 116 milhões em prejuízo. Parece muito, mas não é. Dinheiro em caixa não falta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.06.21

Urubucoin

Vem aí a “Urubucoin” ou algo que o valha: o Flamengo estuda lançar sua criptomoeda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.06.21

“Lei do mandante” é a nova jogada de Bolsonaro

O RR teve a informação de que o governo Bolsonaro retomou as discussões para modificar as regras de negociação dos direitos de transmissão esportiva no país. O ponto central da proposta é a permissão para o mandante vender suas partidas sem a necessidade de concordância do outro clube. Pela legislação atual, um jogo só pode ser exibido caso a emissora de TV ou plataforma de streaming tenha contrato com as duas agremiações. No ano passado, o Palácio do Planalto chegou a editar uma Medida Provisória sobre o assunto, que caducou sem ser votada na Câmara. Desta vez, a ideia é apresentar um projeto de lei, com o respaldo da base aliada. O ministro das Comunicações, Fabio Faria, já estaria escalado para fazer o meio de campo com a Câmara. A recriação do Ministério do Esporte seria, desde já, uma das contrapartidas ofertadas para garantir o apoio do Centrão ao projeto. O que está em jogo é um mercado que movimentou cerca de R$ 1,5 bilhão no ano passado, contabilizando-se a receita com TV dos 20 clubes de maior faturamento do Brasil. A mudança promete dar uma chacoalhada no setor, abrindo espaço para novos competidores – de emissoras de televisão a plataformas de streaming. Isso no momento em que o número de players aumenta. Um dos casos mais notórios é o SBT. Segundo o RR apurou, após fechar com a Libertadores e a Copa América, a emissora tem planos de entrar na disputa pelo Campeonato Carioca e por torneios estaduais do Nordeste a partir do ano que vem.

Talvez haja mais do que coincidência no timing do projeto de lei. As discussões no governo ganham corpo justo no momento em que os grandes clubes negociam a criação de uma liga independente, desvinculada da CBF. Um dos principais artífices da “rebelião” é o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim – tido como o idealizador da chamada “MP do Mandante”, no ano passado. Dois experimentados cartolas do futebol ouvidos pelo RR enxergam uma possível armadilha do Flamengo. Na prática, o rubro-negro estaria criando as condições para se desvencilhar não só da CBF, mas também dos demais clubes, passando a negociar isoladamente contratos de TV. Tudo com respaldo da nova lei – e do governo. Nem o ex-técnico do Flamengo Jorge Jesus armaria uma tática tão perfeita.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.06.21

Uma vez Flamengo…

No governo do Distrito Federal já se cogita a possibilidade de o Banco Regional de Brasília (BRB) renovar antecipadamente o contrato de parceria ao Flamengo, que vence em 2023. Procurado, o banco informou que o acordo “possui cláusula de renovação automática e permite, ainda, a criação de uma nova empresa no futuro”.

Em tempo 1: segundo as pesquisas mais recentes, o clube carioca tem a maior torcida do Distrito Federal – com quase 50% da população local. Em tempo 2: o governador Ibaneis Rocha é candidato à reeleição em 2022.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.05.21

Desmonte na Gávea

O Flamengo está sofrendo um “bombardeio”: além da iminente venda de Gerson para o Olympique de Marseille, Gabigol teria uma tentadora proposta do futebol inglês.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.05.21

Preliminar

A Amazon, que, entre outros campeonatos, transmite a Premier League, pretende entrar na disputa pela compra de competições esportivas no Brasil. Seria um aquecimento para o seu grande sonho de consumo no país: ter os direitos dos jogos do Flamengo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.04.21

Urubu

A Amazon, patrocinadora do Flamengo, está em conversações com o clube para a produção de uma nova série sobre o rubro-negro. A plataforma de streaming já levou ao ar um documentário sobre a conquista da Libertadores em 2019.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.