fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

Segundo uma fonte do Supremo, a Corte está inclinada a restabelecer o mandato de deputado do delegado da PF Fernando Franceschini. O ex-parlamentar foi cassado pelo TSE em outubro do ano passado por colocar em dúvida a segurança das urnas eletrônicas. O Ministério Público Eleitoral já teria emitido parecer favorável a Franceschini. Indiretamente, seria uma vitória bolsonarista. Eleito pelo PSL, o delegado da PF era um dos parlamentares mais aguerridos na defesa do governo Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.