fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.04.22

Guerra híbrida

Nos corredores do varejo circula a informação de que uma grande rede de eletrodomésticos montou uma espécie de “gabinete do ódio” do setor. Por “gabinete do ódio” leia-se uma estrutura digital de disseminação de fake news contra concorrentes e alimentação artificial de sites de defesa do consumidor com reclamações contra competidores. Denúncias contra esse suposto bunker da difamação concorrencial já estariam sendo levadas à Justiça.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.04.22

O inverno está chegando

A ativista de extrema direita Sara Winter flerta com o PL, de Jair Bolsonaro. Em jogo, sua candidatura à Câmara. Sara é um fio desencapado. É investigada pelo STF no inquérito que apura a disseminação de fake news e a incitação de ataques à própria Suprema Corte.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.01.22

Há vacina para as fake news?

O ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito das fake news no Supremo, investiga a origem de ataques à Pfizer nas redes sociais. Há relatos de supostas sequelas e óbitos, logicamente sem qualquer comprovação, atribuídos à vacina do laboratório. Além disso, já espocam informações falsas sobre o Paxlovid, pílula antiviral desenvolvida pela empresa contra a Covid-19. Há método na operação de desconstrução reputacional: as mensagens contra o medicamento surgem às vésperas da Pfizer solicitar seu registro à Anvisa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.12.21

Anvisa na mira das milícias digitais

O STF deverá investigar os ataques ao presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, no âmbito do inquérito que apura a existência de milícias digitais e a disseminação de fake news – sob a batuta do ministro Alexandre de Moraes. Desde que a agência autorizou a vacinação infantil contra a Covid-19, começaram a circular nas redes sociais acusações de supostas irregularidades na gestão de Torres. Além disso, o presidente da Anvisa também passou a receber ameaças por e-mail.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.10.21

A nova flechada de Alexandre de Moraes

De acordo com informações filtradas do STF, o ministro Alexandre de Moraes estaria prestes a deflagrar uma nova ação policial no âmbito do inquérito das fake news. O alvo seriam operadores de uma rede de perfis falsos nas redes sociais usados para atacar integrantes da CPI da Covid. No dia do depoimento do empresário Luciano Hang, por exemplo, as postagens contra os senadores, notadamente Renan Calheiros e Omar Aziz, dispararam. Procurado pelo RR, o ministro Alexandre de Moraes não se pronunciou.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.09.21

Se Bolsonaro tiver juízo…

Assessores políticos têm aconselhado Jair Bolsonaro a esquecer essa história da MP que dificulta o combate às fake news – cujos efeitos foram suspensos pela ministra Rosa Weber. Alegam que não é hora de abrir mais essa frente de batalha com o STF. E daí?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.07.21

O Moraes do STF blinda o Moraes do TSE

Pessoas próximas ao ministro Alexandre de Moraes enxergam um movimento estratégico de “autodefesa” na sua decisão de abrir um novo inquérito contra a disseminação de fake news. Pelas regras de sucessão do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), Moraes será o presidente da Corte durante a eleição de 2022. Caberá a ele, portanto, enfrentar o gabinete do ódio e as suspeições contra as urnas eletrônicas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.07.21

STF quer transformar jornalista em notícia

O STF vai mexer em um vespeiro. O RR tem a informação de que o novo inquérito aberto pelo ministro Alexandre de Moraes para investigar ataques antidemocráticos e disseminação de fake news deverá mirar em conhecidos jornalistas alinhados ao governo Bolsonaro que receberam recursos públicos, por intermédio da Secom (Secretaria de Comunicação).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.01.21

Eles quem?

Internado no Hospital de Apoio de Brasília, após sofrer um acidente no presídio da Papuda, o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio tem repetido a seus advogados que foi “abandonado por eles”. Acusado pelo STF de disseminar fake news, Eustáquio é apontado como uma dos porta-vozes do “gabinete do ódio”. Talvez não seja mais…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.12.20

Perderam o limite

O desembargador Bernardo Garcez, derrotado ontem na eleição para a presidência do TJ-RJ, soltou cobras e lagartos em conversas reservadas com magistrados mais próximos. Garcez alega ter sido vítima de uma campanha de fake news. Na última sexta-feira, por exemplo, circulou em grupos de WhatsApp de desembargadores a “notícia” de que o pai de Garcez teria sido investigado pelo antigo SNI por suposta ligações com grupos antissemitas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.