fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Elektra

Relacionados

01.07.22

A segunda chance da Elektra

A varejista mexicana Elektra ensaia seu retorno ao Brasil. Grandes fabricantes de eletrodomésticos já estão sendo procurados pelo grupo. Desta vez, a Elektra deverá se limitar ao e-commerce, diferentemente da sua primeira e mal sucedida investida no país. Em 2008, a rede do magnata mexicana Ricardo Salinas chegou ao Nordeste em uma operação casada com o Banco Azteca, do mesmo grupo. Era o auge do estímulo ao crédito e ao consumo no governo Lula. Ainda assim, o plano de montar uma grande operação com mais de mil pontos de venda em todo o Brasil naufragou. A Elektra chegou no máximo a 35 lojas, todas fechadas em 2015.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.06.18

Complexo de Elektra

Três anos após a Elektra fechar suas lojas no Brasil, ex-funcionários da varejista mexicana ainda cobram na Justiça dívidas trabalhistas que somariam cerca de R$ 20 milhões. É o legado do bilionário Ricardo Salinas, que passou como um cometa pelo país e também deixou para trás o Banco Azteca, liquidado pelo BC. Talvez Salinas não tenha seguido os conselhos do consultor José Dirceu. Segundo as investigações da Lava Jato, o grupo mexicano pagou cerca de R$ 1,7 milhão à JD, a consultoria do ex-ministro

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.11.16

Carro elétrico

A Tesla, do multibilionário sul-africano Elon Musk, pretende montar uma operação de e-commerce para vender seus carros elétricos no Brasil. Por ora, a comercialização está restrita a um acordo com a empresa de energia sustentável Elektra .

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.06.15

Banco Azteca

Além de fechar a rede varejista Elektra no Brasil, o empresário mexicano Ricardo Salinas deverá também encerrar as operações do Banco Azteca, que, a princípio, passaria imune a  tormenta. Um não sobrevive sem o outro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.