fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.04.21

O anti-Dória

O governador Eduardo Leite, apontado como um dos presidenciáveis tucanos, tem mantido interlocução assídua com FHC. Segundo uma fonte próxima a Leite, falam-se, ao menos, duas vezes por semana.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.02.21

Águas turvas

A equipe do governador Eduardo Leite não está muito otimista com o processo de criação de uma PPP na área de saneamento em Porto Alegre. O mais provável é que a operação fique para 2022, o que por si só já é um risco: ano de eleição e concessões nunca combinam.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.12.20

Um duro exemplo

O governador Eduardo Leite pretende adotar regras mais rígidas a atuação de policiais do estado em trabalhos particulares. Trata-se de uma resposta à participação de um agente da Brigada Militar do Rio Grande do Sul na morte de João Freitas em uma loja do Carrefour de Porto Alegre. O policial trabalhava como segurança no hipermercado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.12.20

Gerdau está presente

Claudio Gastal, que passou a acumular as Secretarias de Planejamento e de Governança do Rio Grande do Sul, tornou- se uma espécie de primeiro-ministro do governo de Eduardo Leite. Tudo passa pelo seu gabinete. Em tempo: Gastal está onde está por indicação do empresário Jorge Gerdau.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.02.20

Caçada tucana

Nos últimos meses, o senador Tasso Jereissati aproximou-se consideravelmente do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Entre outros conselhos, tem recomendando a Leite que abrace temas de repercussão nacional e tenha maior visibilidade na grande mídia. É o esforço dos velhos caciques tucanos de buscar no deserto de quadros do PSDB nomes capazes ao menos de atrapalhar o monopólio decisório de João Doria. Difícil. Muito difícil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.12.19

Farrapos fiscais

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, tem feito gestões junto ao ministro Paulo Guedes na tentativa de obter um repasse da União da ordem de R$ 2 bilhões. Seria uma antecipação de recursos da futura privatização da distribuidora de energia CEEE, prevista para o ano que vem. A “securitização” se daria dentro do acordo para o refinanciamento da dívida gaúcha com a União. O problema é que o estado parou de pagar ao governo central.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.08.19

Moeda de troca

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, se encheu de otimismo após as últimas gestões junto ao ministro Paulo Guedes. Estão adiantadas as negociações para que a emissão de ações do Banrisul que excedem o controle do estado sejam usadas como contrapartida para a inclusão do Rio Grande do Sul no programa de recuperação fiscal. O tempo urge: o déficit fiscal do estado estimado para este ano ultrapassa os R$ 7 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.04.19

Sondagem extra(oficial)

Com todo o cuidado que o assunto exige, o governador Eduardo Leite tem consultado parlamentares da Assembleia Legislativa sobre a possível venda de uma fatia do Banrisul.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.01.19

Ajuste fiscal

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, está embalando, para venda, um pacote de imóveis e outras propriedades pertencentes ao estado. São gotículas de Novalgina para combater as dores lancinantes de um déficit fiscal de mais de R$ 7 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.