Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Eduardo Bolsonaro

11.12.18
ED. 6012

Itamaraty do B

Eduardo Bolsonaro já desponta como chanceler informal do governo de seu pai. Após a visita aos Estados Unidos, já articula uma viagem à Ásia logo no início de 2019 para uma rodada de encontros com investidores locais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.12.18
ED. 6011

Ameaça vermelha

Como se não bastasse a refrega entre Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann, uma questão aparentemente prosaica causa fissuras no PSL. Trata-se do convite do Partido Comunista Chinês a parlamentares brasileiros para uma visita a Pequim. O presidente do PSL, Luciano Bivar, defende a ida de uma comitiva da legenda. No entanto, boa parte da bancada, incluindo a própria Joice, rechaça a ideia de pisar “naquela terra de comunistas”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.11.18
ED. 5997

Balão de ensaio murcho

A proposta de Eduardo Bolsonaro de “criminalizar o comunismo” é tratada como algo despropositado dentro da própria bancada do PSL. Segundo o RR apurou, pelo menos 22 dos 52 deputados eleitos já se posicionaram contra a ideia. Entre eles, o próprio presidente do partido, Luciano Bivar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.11.18
ED. 5992

Direita volver

O deputado Eduardo Bolsonaro articula a criação do que ele mesmo tem chamado de um “Foro de São Paulo da direita”. Sua intenção é reunir a nata do pensamento liberal em um grande evento, em São Paulo, logo no início do governo Bolsonaro. Do encontro brotaria a nova organização. Sua ideia é aproveitar a onda Bolsonaro para galvanizar a imagem do presidente eleito como o grande representante da direita no Brasil e até mesmo na América Latina.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.10.18
ED. 5966

Lobby inflamável

Promete ser quente a disputa pela presidência da Frente Parlamentar de Biocombustíveis para a próxima legislatura – o atual líder, o deputado Evandro Gussi (PV-SP), não concorre à reeleição. Os dois candidatos mais fortes são Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do Capitão, e Baleia Rossi (MDB-SP), unha e carne de Michel Temer e citado na delação premiada do marqueteiro Duda Mendonça. A Frente Parlamentar tem uma agenda para 2019 que, digamos assim, deve valorizar o papel de seus integrantes: aprovar na Câmara a autorização para que as próprias usinas sucroalcooleiras vendam etanol diretamente ao consumidor final, sem a necessidade de um distribuidor.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.