fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
20.10.20

Férias do barulho

Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre cogitam suspender o recesso parlamentar de janeiro, para votar projetos de reformas paralisados no Congresso. O problema é que as primeiras conversas reservadas com os líderes partidários, segundo o RR apurou, não foram das mais favoráveis. As agendas dos congressistas estarão ocupadas com outra prioridade: janeiro será o mês de posse de diversos prefeitos e vereadores.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.10.20

Guerra fria

A decisão do STF de julgar na próxima quarta-feira a suspensão do mandato do senador Chico Rodrigues foi recebida pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, como uma provocação calculada da Suprema Corte. Foi o que o próprio Alcolumbre confidenciou a um senador fonte do RR. Trata-se do mesmo dia em que Kassio Nunes, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para o STF, será sabatinado no Senado.

Em tempo: o senador Chico Rodrigues, que ganhou notoriedade ao ser preso na semana passada com dinheiro na cueca, é um velho conhecido da Justiça Eleitoral. Há 70 processos contra o parlamentar. Em 2018, durante a campanha eleitoral, ele usou o mote do “senador ficha limpa”. Limpíssima…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.10.20

Comissão 5G

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, vão levar ao governo a proposta de criação de uma comissão de parlamentares para participar da contratação da tecnologia 5G no Brasil. Esse grupo teria a missão de discutir medidas com o Ministério da Comunicação e acelerar projetos de lei relacionados aos leilões da nova frequência. Ou seja: o Congresso passaria a ter algum protagonismo em relação a um projeto que deve movimentar mais de R$ 300 bilhões em investimentos. A ver se o Palácio do Planalto vai dar essa brecha.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.10.20

Gás total

O RR traz de primeira: em conversa com Jair Bolsonaro na última segunda-feira, Davi Alcolumbre comprometeu-se a articular um acordo com as lideranças do Senado para votar a Lei do Gás ainda no mês de outubro. Trata-se de um dos poucos projetos do governo neste ano que devem ter início, meio e fim dentro do Congresso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.10.20

Cota de sacrifício

De fonte palaciana: Ciro Nogueira, presidente do PP, se colocou “à disposição” de Jair Bolsonaro para ser o candidato do Palácio do Planalto à presidência do Senado caso Davi Alcolumbre não possa concorrer à reeleição.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.09.20

Matrículas abertas

O Palácio do Planalto vai encaminhar ao Senado indicações para dez cargos vagos em agências reguladoras. O governo articula com Davi Alcolumbre para que os nomes sejam votados no mês de outubro. O Centrão, por sinal, já está de olho. Dez cargos de uma só vez é um banquete para ninguém botar defeito.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Marcio Bittar, do Acre, desponta como o Plano D de Jair Bolsonaro para a presidência do Senado em 2021. Os planos A, B e C do Palácio do Planalto continuam sendo a reeleição de Davi Alcolumbre, que depende de uma complexa costura entre o próprio Legislativo e o Judiciário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.08.20

Alcolumbre Brothers

As emendas orçamentárias com que Davi Alcolumbre vem sendo contemplado pelo Palácio do Planalto têm dupla serventia. Seu irmão e candidato à Prefeitura de Macapá, Josiel Alcolumbre, já está capitalizando as conquistas do mano em sua campanha.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

No Palácio do Planalto, o movimento de Jair Bolsonaro na direção de Michel Temer e José Sarney é atribuído ao aconselhamento do presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.08.20

Fundeb vai passar de ano

Em conversas reservadas com secretários estaduais de educação, Davi Alcolumbre tem garantido com todas as letras que o projeto do novo Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica) vai passar no Senado sem solavancos. Não haverá qualquer emenda ao texto enviado pela Câmara. A matéria é de grande interesse de estados e municípios: a proposta amplia o repasse de recursos da União em 10% ao longo dos próximos seis anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.