fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
11.09.20

Direitos humanos em curta metragem

O governo brasileiro está produzindo um filmete de três minutos que será encaminhado à Assembleia Geral do Comissariado dos Direitos Humanos da ONU, marcada para novembro, em Genebra. No vídeo, o Brasil tentará desfazer a polêmica com as Nações
Unidas e ONGs do setor. O governo vai se manifestar favoravelmente à inclusão da expressão “direitos sexuais e reprodutivos das mulheres” nos documentos oficiais da entidade. Desde que a prerrogativa não signifique aval ao aborto. Spoiler do RR: a produção terá depoimentos dos ministros Ernesto Araújo e Damares Alves. Tem tudo para confundir em vez de explicar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.09.20

A verdadeira “namoradinha do Brasil”

O PSL, que de dia é anti-Bolsonaro e de noite flerta com a volta do Capitão, vem cortejando a ministra Damares Alves com a possibilidade de uma candidatura ao governo de São Paulo em 2022. Damares está na crista da onda. O PP, que também a convidou para as suas fileiras, já apresentou à ministra uma pesquisa mostrando altos índices de popularidade em oito estados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.08.20

Todas as mulheres de Bolsonaro

Damares Alves vai lançar hoje uma campanha do Ministério da Família em defesa da maior presença de mulheres na política. Faltou combinar dentro de “casa”. A causa é rechaçada por parlamentares da própria base aliada de Bolsonaro, a começar pela deputada Caroline de Toni. Discípula de Olavo de Carvalho, Caroline é autora de projeto de lei que propõe acabar com a cota de 30% de candidatas mulheres.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.08.20

Gripezinha

Damares Alves foi orientada pelos médicos a refazer o teste para a Covid-19 nesta semana. O primeiro exame deu negativo. A ministra teve uma agenda com Michele Bolsonaro dois dias antes da primeira-dama ser diagnosticada com a doença.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.08.20

Agenda emergencial

Em conversa na semana passada, Rodrigo Maia comprometeu-se com a ministra Damares Alves a acelerar a votação do projeto de lei que prevê penas mais rigorosas para casos de abuso sexual de criança e adolescente cometido por religiosos. A proposta estabelece ainda o aumento da idade de prescrição do delito de 70 para 80 anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Jair Bolsonaro ressuscitou a ideia de fusão dos Ministérios da Cidadania e da Família. A batuta ficaria a cargo de Damares Alves. Já se viu esse filme antes. No jeito Bolsonaro de ser, é a forma do presidente fritar o ministro Onyx Lorenzoni.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.07.20

Questão de prioridade

Na última segunda-feira, durante o lançamento do Plano de Contingência para Crianças e Adolescentes, a ministra Damares Alves fazia questão de relembrar a assessores o tratamento que Sergio Moro deu ao projeto. No ano passado, Damares levou ao então ministro da Justiça a proposta de penas mais rigorosas para condenados por abuso sexual de menores. Moro folheou o documento por cerca de dez minutos , falou meia dúzia de palavras e jogou o projeto na gaveta – de onde só sairia quase um ano depois.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.07.20

Damares paz e amor

Ainda que tenha lá seus rompantes, característicos do governo Bolsonaro, a ministra Damares Alves ostenta algum prestígio  internacional. O Ministério da Família contará com recursos do PNUD, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, para lançar uma campanha de prevenção contra a gravidez infantil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Damares Alves pretende levar a Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia uma proposta de mudança da Lei Maria da Penha, com penas ainda mais duras para casos de feminicídio. A pandemia fez disparar os índices de violência contra a mulher no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.06.20

Almas gêmeas

Damares Alves ficou muito sentida com a demissão de Abraham Weintraub. O ex-ministro da Educação sempre foi um de seus interlocutores prediletos no governo. Ultimamente vinham costurando um projeto para a distribuição de cartilhas sobre “os valores da família” em escolas públicas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.