fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
13.08.21

O pior duas vezes

A área técnica do Ministério da Agricultura já trabalha com a hipótese não só de uma, mas de duas quebras seguidas da safra de cana de açúcar. A combinação de uma forte seca seguida de geadas em várias regiões produtoras deverá ter um efeito mais longo sobre as lavouras, atingindo as safras de 2021/22 e 2022/23. Ao RR o Ministério limitou-se a dizer que a “Conab está finalizando o levantamento da safra 2021/22, que será divulgado no dia 19”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.06.21

Uma semente a mais na inflação

O próximo levantamento oficial da safra de grãos 2020-2021, que será divulgado no dia 8 de julho, não vai trazer boas notícias. O RR teve a informação de que a estimativa da Conab será inferior à da última prévia – 262,13 milhões de toneladas. Ou seja: mais risco de pressão sobre os preços dos produtos alimentícios. Consultado pelo RR, o Ministério da Agricultura informou apenas que “aguarda a finalização da sistematização de dados relativos ao 10o Levantamento da Safra de Grãos 2020/21”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.03.21

“Bolsa caminhoneiro”

Em meio às ameaças de greve, o governo vai jogar alguns grãos para os caminhoneiros. Literalmente. A Conab fará concorrências para o transporte de produtos agrícolas. A primeira licitação será para a distribuição de 28,4 mil toneladas de milho estocadas no Mato Grosso. Caminhoneiros autônomos e cooperativados poderão disputar os leilões de frete.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.02.21

A próxima colheita do Centrão

Nada escapa ao apetite do Centrão. O Palácio do Planalto negocia com parlamentares da bancada ruralista uma safra de indicações para superintendências regionais da Conab, vinculada ao Ministério da Agricultura. As nomeações deverão ser anunciadas ao longo do mês de março, segundo informação que corria ontem na Câmara.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.02.21

Inflação com gosto de arroz queimado

Má notícia para o bolso do brasileiro: segundo o RR apurou, estimativas internas da Conab indicam que os preços do arroz continuarão acima do patamar de R$ 85 a saca de 60 quilos mesmo após a decisão do governo de zerar as taxas de importação para países de fora do Mercosul. É quase o dobro do valor verificado no início de 2020 (R$ 48). A resiliência se deve, sobretudo, ao aumento das exportações da produção brasileira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.01.21

O boi do “movimento”

A Conab vai leiloar cerca de 500 cabeças de gado apreendidas de traficantes pela Polícia Federal – a maior parte em Goiás. O lance mínimo pela “boiada do crime” será de R$ 1,3 milhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.01.21

Conab calibra sua balança

A Conab começa a testar, neste mês, novas ferramentas de geotecnologia para as estimativa de safras. O trabalho de monitoramento satelital será feito em parceria com o INPE. No mercado, a expectativa é que, enfim, a estatal consiga reduzir a crescente dispersão entre suas projeções e os números reais de produção, verificadas nos últimos anos. O curioso é que a Conab joga parte da culpa pelos erros na conta do agronegócio. A alegação é que muitos produtores se negam a compartilhar informações precisas sobre o que cultivam.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.12.20

Chegadas e partidas

A porta giratória está rodando freneticamente na Conab. Odiretor de Política Agrícola, Sérgio de Zen, está ameaçado. Sua cadeira é disputada pelo PP e pelo Republicanos, que já emplacou o novo presidente da estatal, Samuel de Miranda Melo Junior.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.12.20

Corda bamba

Informação que circula no Ministério da Agricultura: além da mudança na presidência da Conab, o governo vai trocar um dos diretores da estatal para acomodar mais uma indicação do Republicanos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.11.20

O dono do armazém

A Conab pretende deslanchar no primeiro trimestre de 2021 seu plano de desmobilização de ativos imobiliários. Logo na partida, seriam vendidas a Cobal do Leblon e do Humaitá, no Rio. Procurada, a Conab confirmou que a proposta está em estudo, mas “sem prazo para conclusão.”. Em tempo: a missão ficaria a cargo da Diretoria de Operações e Abastecimento. Talvez isso explique o empenho do senador Ciro Nogueira para aninhar José Trabulo de Souza nessa diretoria.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.