fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
27.08.21

Os prós e, principalmente, os contras de estar ao lado de Garotinho

Aliados do governador Claudio Castro resistem à possível filiação de Anthony Garotinho ao PL. Seria o primeiro passo para uma aliança com o clã Garotinho em 2022, enlace rejeitado por setores do grupo político de Castro. É verdade que Garotinho traz voto, mas também empresta um passivo reputacional a quem está do seu lado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.06.21

Legado Witzel

Há um pouquinho de Wilson Witzel na gestão de seu sucessor e desafeto, Claudio Castro. A ex-juíza Gloria Heloiza Lima da Silva assumiu a subsecretária de Políticas para Mulheres, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. Gloria Heloiza era aliada fiel de Witzel; chegou a concorrer à Prefeitura do Rio com o seu apoio. Consultada, a Secretaria confirma a nomeação, mas nega qualquer influência do ex-governador.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.05.21

Remake?

O governador do Rio, Claudio Castro, terminou o encontro com Jair Bolsonaro, na última quarta-feira, convicto de que terá o apoio do presidente à sua reeleição em 2022. Wilson Witzel tinha a mesma certeza no seu primeiro mês de governo…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.05.21

Tchau e bênção

O governador do Rio, Claudio Castro, tem sido aconselhado por aliados a deixar o PSC. Seria uma forma de se descolar do Pastor do Everaldo, seu padrinho político, investigado pelas denúncias de irregularidades na saúde do Rio. Assim como o próprio Castro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.04.21

Claudio Castro não está imunizado

A CPI da Pandemia tem causado apreensão no Palácio Guanabara. O temor é de que a investigações sobre a destinação de verbas federais na gestão de Wilson Witzel acabem atingindo o atual governador, Claudio Castro. Principalmente se a CPI convocar o ex-Secretário de Saúde, Edmar Santos. Em sua delação premiada, Santos apontou que tanto Witzel quanto Castro, seu vice à época, se beneficiaram de desvios de recursos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.04.21

“Vai tu mesmo”

Sem nomes próprio no Rio, o PT já cogita apoiar o governador Claudio Castro na eleição de 2022. A costura já começa a ser feita pelo presidente da Alerj, o petista Andre Ceciliano. O senão seria ter de subir no mesmo palanque do Pastor Everaldo, criador de Wilson Witzel. Mas isso é só um detalhe…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.03.21

Telhado de vidro

O governador do Rio, Claudio Castro, tem sido aconselhado a recuar algumas jardas na queda de braço com Eduardo Paes. A proximidade intestina com o Pastor Everaldo, denunciado à Justiça junto com o governador afastado Wilson Witzel, não dá muita margem para Castro sair botando banca.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.03.21

Enquanto isso, morrem três mil por dia

Os prefeitos do Rio, Eduardo Paes, e de Niterói, Axel Grael, discutem com outros alcaides do estado a publicação de um manifesto conjunto contra as posições do governador Claudio Castro em relação à pandemia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.03.21

Não interessa a cor do gato se o inimigo é o rato

Nem Paulo Guedes, nem Artur Lira, com os quais já tratou do assunto. O governador do Rio, Claudio Castro, está apostando todas as suas fichas em Flavio Bolsonaro para persuadir o presidente Jair Bolsonaro a recuar em um ponto fundamental do Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Devido a um veto do próprio Bolsonaro, os estados que aderirem ao RRF estão proibidos de contratar servidores públicos por três anos. O estado do Rio tem sérios problemas de vacância de quadros em áreas como saúde, educação e segurança e quer evitar essa camisa de força.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.03.21

Enquanto isso, no Rio de Janeiro…

Segundo uma fonte próxima a Wilson Witzel, o governador afastado do Rio está inclinado a trocar de advogado. Sua defesa é conduzida pelo criminalista Roberto Podval. Isso quando Witzel deixa. De acordo com o informante do RR, o ex-juiz insiste em querer ditar a estratégia jurídica do caso.

O Palácio Guanabara, pelo jeito, já decretou o impeachment de Wilson Witzel. Documentos oficiais têm se referido a Claudio Castro apenas como “governador”, sem o “em exercício”, como deve ser o tratamento oficial.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.