fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
22.09.20

Fechado com Flavio Bolsonaro

Após substituir o secretário estadual Leonardo Rodrigues, o governador em exercício do Rio, Claudio Castro, vai detonar todo o segundo escalão da Pasta da Ciência e Tecnologia. Castro não quer vestígios do ex-titular na Secretaria. Segundo suplente de Flavio Bolsonaro no Senado, Rodrigues tornou-se desafeto do “01” – por sinal a exemplo do primeiro suplente, Paulo Marinho. Para o novo governador do Rio, se é adversário de Flavio Bolsonaro é seu adversário também.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.09.20

O avalista

O governador interino do Rio de Janeiro, Claudio Castro, já dá como certa a prorrogação do regime de recuperação fiscal do estado por parte da equipe econômica. Ao menos foi esta a palavra do senador Flavio Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.09.20

Tabelinha campeã

O governador em exercício do Rio, Claudio Castro, reservou uma cadeira no seu secretariado para o presidente da Alerj, André Ceciliano. Não haveria melhor forma de trazer a Assembleia Legislativa para o seu lado. Castro e Ceciliano são bastante afinados. Talvez até demais. Ambos são acusados pela Procuradoria Geral da República de organizar um suposto esquema para o desvio de recursos da própria Alerj.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.09.20

Bolsonaro cinde os “governadores do Rio”

Claudio Castro não é mais Wilson Witzel, que não é mais Claudio Castro, que é Jair Bolsonaro, o que Wilson Witzel já foi um dia. Companheiros de chapa, o governador em exercício e o governador afastado do Rio tornaram-se rivais tanto na disputa pelo Palácio Guanabara quanto na relação com o clã Bolsonaro. Witzel tem dito aos poucos aliados que ainda preserva: se for definitivamente afastado do cargo, vai cair atirando contra a família, notadamente Flavio Bolsonaro. A um interlocutor fonte do RR confidenciou ter fatos sobre o “01” que ainda não vieram à tona. Pode não passar de um blefe, ainda que não se deva menosprezar o acesso do ex-juiz a membros do Ministério Público. Já Castro está empenhado em demonstrar que não é um “bolsonarista” de passagem – como o próprio Witzel. Na última terça-feira, celebrou nas redes sociais a ligação que recebeu de Flavio. As portas estão abertas para o clã, incluindo indicações para a nova equipe de governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.09.20

“O Maraca é nosso”

Dirigentes do Flamengo e do Fluminense – à frente o rubro-negro Rodolfo Landim – pretendem marcar uma conversa com o governador em exercício do Rio, Claudio Castro. Os clubes temem que, para marcar território, Castro decida rever a polêmica concessão do Maracanã. Wilson Witzel praticamente embrulhou o estádio para presente no acordo com a dupla Fla-Flu

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.09.20

Governador presente

Em reunião com a cúpula da Polícia do Rio de Janeiro no início da semana, o governador em exercício Claudio Castro discutiu a ideia de levar o programa Segurança Presente para dez municípios do estado até o primeiro trimestre de 2021. Noves fora o mérito, não deixa de ser uma forma de angariar rapidinho o apoio de prefeitos a sua permanência no cargo

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.