fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
19.11.19

Privatização possível

Ideia que começa a ganhar corpo no governo de Romeu Zema: privatizar primeiro o braço de geração e transmissão da Cemig, deixando a complexa venda da distribuidora para depois.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.11.19

Luz apagada

A BNDESPar cansou de esperar pela Cemig. Vai vender separadamente sua participação de 6% na Light.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.11.19

Privatiza, Minas!

Romeu Zema prepara uma grande campanha publicitária para convencer o povo mineiro da necessidade de privatização da Cemig – a operação terá de ser aprovada em plebiscito. Periga torrar uma grana e depois a venda da estatal ser barrada na Assembleia Legislativa

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.10.19

Renova Energia em busca de uma luz

O BTG está muito bem cotado no governo mineiro para assumir o processo de recuperação judicial da Renova Energia e, sobretudo, buscar um comprador para a empresa. São R$ 3 bilhões em dívidas sobre a mesa, à espera de solução. A Cemig é o principal acionista da companhia de energia renovável, com 36%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.10.19

De cara na porta

Em boa parte, o pedido de recuperação judicial da Renova Energia, leia-se Cemig, vai para a conta de Romeu Zema. O próprio governador tentou diretamente obter o waiver do BNDES a uma dívida de US$ 1 bilhão da empresa. Levou “não” atrás de “não”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.10.19

A voz do povo?

Romeu Zema quer acelerar o referendo sobre a venda da Cemig e da Copasa. O governador joga todas as suas fichas no “sim” dos mineiros para pressionar a Assembleia Legislativa a autorizar as duas privatizações. E se o “não” falar mais alto? Aí a banca de Zema está quebrada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.08.19

Monteiro em dose dupla

O ex-presidente da Petrobras Ivan Monteiro recebeu um convite casado para assumir um assento não apenas no Conselho de Administração da Light, mas também da Cemig, sua controladora. Não custa lembrar que, como diretor financeiro da estatal, Monteiro esteve à frente do processo que culminou com a privatização da BR Distribuidora.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.08.19

Linha de montagem

O Grupo Algar tem interesse na aquisição da Copel Telecom. Parece ser especialidade da casa. No ano passado, a Algar arrematou o braço de telecomunicações de outra estatal do setor elétrico, a Cemig.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.07.19

Encanto

O governador Romeu Zema anda encantado com Cledorvino Belini, presidente da Cemig. Acredita que o ex-Fiat daria um ótimo “CEO de Minas Gerais”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.07.19

GP prepara o bote sobre a Light

A GP está em tratativas avançadas para a compra da participação da Cemig na Light. Segundo uma fonte que participa das negociações, a operação seria dividida em dois atos – o primeiro, consumado na semana passada. A GP teria comprado um lote significativo de ações no follow-on da Light, oferta subsequente de ações que movimentou R$ 2 bilhões. O passo seguinte seria a incorporação da participação da Cemig, que caiu para aproximadamente 23% com o aumento de capital. Ao todo, a estatal mineira arrecadaria mais de R$ 4 bilhões. De acordo com a mesma fonte, a GP ficaria com mais de 35% da Light, o suficiente para transformá-la no maior acionista individual. A operação, ressalte-se, só poderá ser sacramentada em meados de outubro, quando se encerra o período de quarentena no qual os sócios da empresa estão proibidos de vender suas ações. Procuradas, GP e Cemig não se pronunciaram. Segundo o RR apurou, um grande fundo internacional que tambémestava na disputa pela Light deixou a mesa de negociações nesta semana, após a participação da GP no follow-on. O acordo com a gestora conta com a simpatia de conselheiros da Cemig e, sobretudo, da presidente da Light, Ana Marta Horta Veloso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.