Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

Relacionados

16.07.19
ED. 6157

Dinheiro alemão

A chinesa CCCC é vista no Ministério de Infraestrutura como nome certo no leilão do segundo terminal de contêineres do Porto de Suape (PE). O empreendimento, incluído no PPI, deverá ser licitado ainda neste ano. O investimento previsto é de R$ 1,2 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.07.19
ED. 6157

Chineses em Suape

A chinesa CCCC é vista no Ministério de Infraestrutura como nome certo no leilão do segundo terminal de contêineres do Porto de Suape (PE). O empreendimento, incluído no PPI, deverá ser licitado ainda neste ano. O investimento previsto é de R$ 1,2 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.05.19
ED. 6115

Grande calado

A Hutchison Ports, de Hong Kong, está em busca de projetos portuários no Brasil. Os asiáticos abriram conversações com o governo do Pernambuco. Em pauta, a construção de um novo terminal no Porto de Suape, um investimento em torno de R$ 1,5 bilhão. A chinesa CCCC também está no páreo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.05.19
ED. 6106

CCCC em dose dupla

Além do terminal que está construindo em São Luís, a chinesa CCCC mantém conversas com o governador Flavio Dino para investir no  Porto de Itaqui. O local precisa de uma expansão imediata: nos últimos meses, a média diária de navios atracados passou de 15 para 50.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.06.18
ED. 5882

CCCC trafega na contramão

Em meio ao deserto de projetos de infraestrutura no Brasil, a China Communications Construction Company (CCCC) tem sido um oásis, notadamente em terras maranhenses. Os asiáticos articulam com o governador Flavio Dino um pacote de investimentos em  do estado na casa de R$ 1 bilhão. O projeto tem total sinergia com a construção do Porto São Luís, tocada pelos chineses, um empreendimento superior a R$ 2 bilhões. O objetivo da CCCC é construir um novo corredor logístico para o escoamento de grãos do Centro-Oeste e do próprio Maranhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.