fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
08.07.22

Uma ponte à espera do governador

Um dos maiores projetos de infraestrutura do Nordeste foi para o acostamento. O consórcio formado pela China Communications Construction Company, South America Regional Company e China Railway vai aguardar a eleição do novo governador do estado para decidir se leva adiante ou não a construção da ponte Salvador-Ilha de Itaparica, orçada em R$ 7,7 bilhões. O empreendimento vai depender da renegociação dos termos do contrato. Com o aumento dos preços dos combustíveis, do aço e do cimento, os chineses consideram o projeto inviável nas condições originais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.06.22

Será que agora vai?

A chinesa CCCC manifestou ao governo de Helder Barbalho interesse em participar da construção da Ferrovia do Pará, empreendimento orçado em R$ 14 bilhões. O projeto vai e volta, volta e vai há cinco anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O Ministério da Infraestrutura prepara o envio de uma comitiva à China com o objetivo de “vender” o programa de concessões ferroviárias do governo. Na agenda, conversas com representantes de grupos como China Railway e China Communications Construction Company (CCCC).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.10.21

Os chineses de Suape

A China Merchants Port sinalizou ao governo de Pernambuco o seu interesse em disputar a construção do novo terminal de contêineres do Porto de Suape. Outra candidata ao negócio é a sua conterrânea China Communications Construction Company (CCCC).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.10.21

Novos mares

A venda do projeto do terminal privado de São Luís para a Cosan não significou o adeus da CCCC ao setor portuário no Brasil. O RR apurou que a gigante chinesa estaria em conversações com o governo de Pernambuco em torno da construção do segundo terminal de contêineres do porto de Suape, orçada em mais de R$ 2 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.09.21

Âncora ao mar

Estão bem adiantadas as negociações para a Cosan compra os 51% da chinesa CCCC no projeto de construção de um terminal privado no Porto de São Luís (MA). A empresa de Rubens Ometto já é dona dos outros 49%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.06.21

Ponte dos suspiros

A ponte Salvador-Itaparica, um dos maiores projetos de infraetrutura do Nordeste, balança antes mesmo de ser construída. O RR apurou que o consórcio de empresas chinesas responsável pela obra – à frente a China Communications Construction Company  (CCCC) – deverá solicitar ao governo baiano a revisão dos termos do contrato. O argumento é que o custo do projeto, da ordem de R$ 7,7 bilhões, está defasado devido à forte alta dos preços de insumos, como aço e cimento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.11.20

Pé na estrada

Você só vai ler no RR: a gigante chinesa CCCC é forte candidata ao leilão de concessão da Via Dutra, previsto para o primeiro semestre de 2021. Valor do “pedágio”: cerca de R$ 18 bilhões em investimentos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.05.20

Por água abaixo

Com a pandemia, o governo de Pernambuco está vendo afundar um investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão: a licitação do segundo terminal de contêineres do Porto de Suape deve ficar para 2021. A chinesa CCCC era a principal interessada no negócio. Mas isso até o coronavírus surgir.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.01.20

Pé na estrada

A China Communications Construction Company planeja disputar concessões rodoviárias no Brasil, a começar pela nova licitação da Via Dutra. Além do controle da Concremat, a CCCC já tem negócios no setor portuário no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.