fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
07.11.19

Os Libertadores da América

Sempre muito generosa com o Parlamento brasileiro, a CBF deverá levar um seleto grupo de deputados e senadores para acompanhar a final da Libertadores entre Flamengo e River Plate, agora remarcada para Lima, no Peru. Os convites, disputados a tapa, ficarão a cargo do deputado Marcelo Aro (PHS-MG), que acumula o mandato com a diretoria de Relações Institucionais da entidade.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.09.19

Um pé de coelho às avessas na CBF

O vazamento de mensagens do celular de Deltan Dallagnol tocou em um nervo sensível da CBF. O motivo é a exposição excessiva da empresária Patricia Coelho. Citada na Lava Lato, ela doou R$ 1 milhão para o Instituto Mude, do qual Dallagnol seria bastante próximo. Na CBF, o temor é que a Justiça decida puxar pontas soltas da trajetória de Patrícia.

Em 2018, sem qualquer experiência no setor, a empresária venceu uma licitação envolta em brumas para a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no exterior. Dos R$ 550 milhões, cerca de R$ 50 milhões ficariam na entidade como comissão. A partida só não chegou ao fim porque Patricia não cumpriu o acordo e a concorrência foi cancelada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.08.19

Mundial de Clubes

A CBF negocia com a Fifa a realização, no Brasil, do Mundial de Clubes de 2022. A entidade tentou sediar a edição de 2021, mas essa deve cair no colo da China.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.08.19

CPI do Esporte bate na barreira

A “bancada da bola” no Congresso já entrou em campo com suas jogadas ensaiadas para enfraquecer a iminente CPI do Esporte – o pedido foi protocolado na semana passada pelo senador Jorge Kajuru. A missão é tirar os holofotes do futebol e, principalmente, da CBF e concentrar as investigações nas confederações dos esportes olímpicos. À frente da retranca estão o senador Major Olímpio e o deputado Marcelo Aro, que, sem qualquer cerimônia, se divide entre o mandato na Câmara e a diretoria de Relações Institucionais da CBF.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.07.19

Façam suas apostas

Um grande site de apostas internacional, que já investe no futebol pelo mundo afora, negocia um contrato de patrocínio com a CBF. Seria a primeira empresa do gênero vinculada à seleção brasileira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.07.19

Bivar é bola murcha

As pretensões do deputado federal e presidente do PSL, Luciano Bivar, de ser o meio-campo entre o governo e a CBF têm sido barradas pela própria entidade. Os cartolas jamais esqueceram a declaração do boquirroto político. Quando ocupava a presidência do Sport Recife, Bivar disse ter pago para que um jogador do clube fosse convocado para a seleção.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.07.19

Na marca do pênalti

Os executivos da área de marketing da Fiat respiraram aliviados com a sofrida classificação da seleção brasileira para a semifinal da Copa América. Patrocinadora da CBF há apenas três meses, a montadora já havia visto parte do investimento inicial em publicidade se dissipar com a desclassificação da seleção feminina da Copa do Mundo. Ressalte-se que a próxima “grande” competição será apenas a Copa América de 2020. Até lá a recém-chegada Fiat terá de se contentar com oportunidades menos nobres de associar sua marca à seleção brasileira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.06.19

Bola no Aro, mas é futebol

Os próprios colegas do deputado federal Marcelo Aro já não sabem onde terminam os interesses do parlamentar e começam os do diretor de Relações Institucionais da CBF, cargo que ele ocupa. Aro vem posando de lobista da entidade, função vaga desde a recente saída de Vanderbergue Machado, que por 19 anos foi o habilidoso meia de ligação entre o Legislativo e Ricardo Teixeira, Marco Polo Del Neto etc etc.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.06.19

Um media training para Caboclo

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, recebeu um cartão amarelo de seu tutor, o ex-nº 1 da entidade Marco Polo Del Nero. Foi orientado pelo “criador” a não mais se pronunciar sobre o caso Neymar – recomendação mais fácil de ser seguida com o corte do jogador da seleção. Na própria CBF, a entrevista de Caboclo em Paris na última terça-feira foi considerada um desastre. A cada pergunta sobre as acusações de estupro contra Neymar, o cartola olhava para a câmera com uma expressão abobalhada e um sorriso congelado, além da dificuldade de esboçar as respostas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.19

Bolada

Vanderbergue Machado, que deixou recentemente a diretoria de Legislativos da CBF, não ficou ao relento. Teria recebido na sua saída uma indenização superior aR$ 10 milhões. Pouco conhecido do grande público (na sua função, um atributo), Vanderbergue acumulou uma extensa relação de serviços prestados à entidade. Foi o olhar e a voz da CBF nos corredores do Congresso por quase duas décadas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.