fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
04.05.21

O grupo ainda existe?

Luciano Hang e Carlos Wizard tentam atrair Alberto Saraiva, dono da rede de fast food Habib´s e igualmente entusiasta do governo Bolsonaro, para integrar o grupo de empresários dispostos a comprar vacina contra a Covid-19.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.04.21

Mercadores da cura

Além das tratativas com a China, Carlos Wizard e Luciano Hang estariam abrindo uma frente de negociação para a compra de vacinas na Índia. Provavelmente não vai dar em nada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.04.21

Preto feito

Afetada pelas medidas de isolamento em várias cidades do país, a IMC deverá partir para uma nova leva de demissões em seus restaurantes das redes Frango Assado, Pizza Hut e KFC. Desde o início de 2020, a holding de Carlos Wizard já demitiu cerca de 40% dos seus trabalhadores. Talvez seja mesmo o caso de o governo autorizar Wizard a comprar vacinas e imunizar seus funcionários antes de uma nova epidemia de demissões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.01.21

Prato no balcão

O RR apurou que a norte-americana Bloomin Brands retomou o processo de venda do Outback Brasil, suspenso em maio do ano passado por conta da pandemia. Potenciais candidatos, como a holding IMC, do empresário Carlos Wizard, já teriam sido procurados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.12.20

Apetite redobrado

O empresário Carlos Wizard tem interesse em comprar a participação do Itaú Unibanco na International Meal Company (IMC), dona dos restaurantes Viena e Frango Assado. Nos últimos meses, o banco já reduziu sua fatia no capital de 19% para 8%. Com a aquisição, Wizard, por sua vez, passaria a ser o maior acionista do grupo, saindo de 9% para cerca de 17%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.12.20

As fintechs de Wizard

O RR tem a informação de que o empresário Carlos Wizard negocia a compra de participações relevantes em três fintechs. De acordo com a mesma fonte, ao menos um dos acordos deve ser selado ainda neste ano. Wizard já é sócio da fintech Social Bank.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O empresário Carlos Wizard, que há pouco tempo quase assumiu um cargo no Ministério da Saúde, negocia a entrada de dois fundos internacionais no capital da fintech Hub. A empresa de Wizard acaba de ser autorizada pelo Banco Central para atuar como plataforma de pagamentos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.20

Os empresários de Bolsonaro

Informação que circula na rádio-corredor da Havan: no início do ano, Luciano Hang, dono da empresa, chegou a cogitar que a própria rede varejista patrocinasse os cursos online de Olavo de Carvalho. Teria sido demovido da ideia por seus executivos. O RR entrou em contato com Hang, que disse com todas as letras: “Isso não é verdade”. O que não quer dizer que o empresário não queira ajudar Olavo: “Volto a repetir, usei as minhas redes pedindo que as pessoas comprassem os seus livros e seus cursos. Assim ele pode continuar o trabalho dele.”

A repercussão negativa da quase entrada do empresário Carlos Wizard no Ministério da Saúde alcançou até mesmo a Argentina. Nas redes  sociais, grupos locais de esquerda também começaram a puxar um boicote contra a Topper, marca esportiva controlada por Wizard e que tem significativa presença no mercado argentino.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.08.19

Proteína total

Após se unir à IMC – dona, entre outras bandeiras, do Viena – o empresário Carlos Wizard cobiça um prato ainda mais calórico: a associação com o Burger King no Brasil. Os principais acionistas da operação brasileira são a Burger King Corp, leia-se Jorge Paulo Lemann e cia., e as gestoras Vinci, Montjuic e Sommerville.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.04.19

A redenção da lagosta

A fusão entre a Sforza, de Carlos Wizard, e a International Meal Company (IMC) dará novo tempero aos crustáceos da Red Lobster. Wizard pretende abrir três restaurantes da marca no país, um destino bem diferente daquele que se desenhava para o negócio. A IMC, representante da Red Lobster no Brasil, fechou duas unidades da bandeira e se preparava para baixar as portas do único restaurante sobrevivente, em São Paulo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.