Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.09.18
ED. 5953

PF junta os fios entre Beto Richa e Protork

O RR apurou que a Polícia Federal investiga as relações entre o ex-governador Beto Richa e a Protork, grupo paranaense que fabrica autopeças e minimotocicletas. Segundo fonte da própria PF, a empresa controlada pela família Bonilha seria uma espécie de “lavanderia” de Richa, prestando-se a pagamentos ilegais ao ex-governador e a aliados. De acordo com a mesma fonte, as investigações mostram que Richa, preso na última terça-feira, costumava fazer visitas constantes, às vezes semanais, à sede da companhia. Entre outros pontos, a PF apura as circunstâncias que cercam a adesão da Sport Bay, controlada pela Protork, ao Paraná Competitivo, programa de incentivos do governo paranaense. Procurada, a Polícia Federal não quis se pronunciar. O RR também fez seguidos contatos com a Protork por e-mail e telefone – o último deles às 18h06 de ontem. No entanto, a empresa não retornou até o fechamento desta edição. Em 2012, a Protork inaugurou sua fábrica de minimotos na cidade de Siqueira Campos, com a presença do governador. Um ano antes, imagens de dois secretários do governo Richa – Luiz Claudio Romanelli (Trabalho) e Ricardo Barros (Indústria e Comércio) – descendo de um jatinho da empresa causaram polêmica e foram usadas por adversários políticos do tucano. A Justiça fecha o cerco aos tantos amigos de Richa. Nesta semana, o juiz Sergio Moro decretou o bloqueio de contas da Start Agência de Notícia e da RF Participações Ltda, além do empresárioPF junta os fios entre Beto Richa e Protork Jorge Atherino e de sua mulher, Flora, todos suspeitos de integrar um suposto esquema de corrupção liderado pelo ex-governador paranaense.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14/09/18 20:08h

josimeri.souza

disse:

A Pro Tork respondeu em nota que é vitima de mentira e que suas atividades são legais. Que provas o RR notícias tem para divulgar tal reportagem?

12.06.18
ED. 5886

Energia que dá voto

Beto Richa, que deixou o governo do Paraná para concorrer ao Senado, parece ainda ter não desencarnado do antigo cargo. Richa tem feito gestões junto ao Palácio do Planalto na tentativa de agilizar a renovação da licença da hidrelétrica de Foz do Areia, da Copel. A atual concessão vence em 2023. Entende-se a pressa: a usina responde por mais de um terço de toda a capacidade de geração de energia da Copel.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.11.17
ED. 5749

O avanço de Richa

O governador do Paraná, Beto Richa, está se articulando para sair da convenção do PSDB, no dia 9 de dezembro, como secretário geral do partido. Quer também integrar o núcleo duro da campanha presidencial.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.07.17
ED. 5660

Planalto já lança em balanço o racha tucano

O Palácio do Planalto contabilizava ontem uma importante vitória política: o racha dos governadores tucanos. Se Beto Richa partiu de vez para a “oposição”, Michel Temer conseguiu evitar o desembarque definitivo de Geraldo Alckmin, ao menos até a votação do pedido de abertura de processo contra ele na Câmara. Além disso, nas contas do governo, Marconi Perillo, de Goiás, Pedro Taques, do Mato Grosso, e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul, estão fechados com Temer. A expectativa do Palácio é que as bancadas do PSDB nos três estados votem contra o afastamento de Temer da Presidência. Na planilha de Eliseu Padilha, são oito votos a mais a favor do governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.05.17
ED. 5610

Tríplice aliança

Os governadores José Ivo Sartori (RS), Beto Richa (PR) e Raimundo Colombo (SC) articulam uma tour de force integrada com o objetivo de atrair novos investimentos para o agronegócio no Sul do país. Parcela expressiva dos recursos viria do BRDE, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.08.16
ED. 5433

Água misturada

 Por ora, o governador Beto Richa descarta a privatização da Sanepar. Mas quer transformar a concessionária num pote cheio de PPPs.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.02.16
ED. 5306

Importuno

 O pedido de investigação no STJ contra o governador do Paraná, Beto Richa, suspeito de envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro de campanha, reduziu bastante as chances de um acordo político com Álvaro Dias. O senador, que trocou o PSDB pelo PV, mantém laços com o antigo partido no estado. Richa contava com Dias para fechar alianças nas principais cidades do estado nas eleições deste ano e até na disputa pelo governo, em 2018. Mas Dias já sinalizou que buscará outros caminhos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 O deputado federal Luciano Ducci (PSB) está disposto a enfrentar de qualquer jeito o prefeito Gustavo Fruet (PDT) na disputa por Curitiba. A carta na manga de Ducci é o apoio, ainda velado, do governador Beto Richa, de quem foi vice na prefeitura até 2010.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.