fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
22.06.22

Nova roupagem

Após desistir da venda do BB Americas, o Banco do Brasil pretende dar uma guinada na operação, com foco na área de private banking e alta renda. Além disso, a controlada deixará de ser um negócio insular e será absorvida pelo próprio BB, em Miami.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.03.22

Nova roupagem

Dentro do Banco do Brasil, começa a ganhar força a ideia de transformar o BB Americas em um banco digital. Seria uma forma de pedalar o crescimento do negócio, seja para permanecer sob o guarda-chuva do BB, seja para finalmente deslanchar a sua venda. O BB Americas, sediado em Miami, está sobre o balcão há mais de três anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.02.20

BB Americas na mira da XP

A XP Investimentos avalia a compra do BB Americas, filial do Banco do Brasil em Miami. As tratativas são conduzidas pelo Citi, adviser do banco estatal – segundo o RR apurou, os norte-americanos mantém ainda conversações com outros dois candidatos ao negócio. O BB Americas tem cerca de US$ 600 milhões em ativos e uma rentabilidade baixinha. É quase um farelo para quem tem do lado a operação do Itaú em Miami, com seus mais de US$ 12 bilhões em ativos. Tem mesmo? De qualquer forma, a XP parece ter aberto sua temporada de aquisições – nesta semana anunciou a compra de um terço da gestora Augme, especializada em fundos de crédito de alto risco.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.