fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
01.07.20

A volta (por baixo) dos Picciani

Leonardo Picciani deverá se candidatar a vereador na eleição deste ano. Trata-se de uma modesta tentativa de retorno do clã Picciani às disputas eleitorais. Ex-deputado federal e ex-ministro, Leonardo não conseguiu se reeleger para Câmara em 2018, no rastro da prisão de seu pai, Jorge Picciani, o ex-todo poderoso presidente da Alerj.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.06.20

Água barrenta

Na Alerj, as declarações de Wilson Witzel sobre o risco de adiamento da venda da Cedae em função da crise política no estado foram recebidas como chantagem barata. Não vai ser isso que salvará a pele do governador do Rio no processo de impeachment.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.20

Fogo cruzado

Nos últimos dias, ameaças de dossiês e denúncias contra deputados, especialmente o presidente da Alerj, Andre Ceciliano, ricocheteiam pelas paredes da Casa. Ao que parece, Wilson Witzel usa as armas que tem para evitar o impeachment.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.06.20

Profissão de fé

O pastor Everaldo, líder do PSC e “criador” de Wilson Witzel, tem feito uma peregrinação na Alerj para barrar os pedidos de impeachment do governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.05.20

Em busca do 11º não

A defesa de Flavio Bolsonaro ricocheteia entre os tribunais. Após a negativa do STJ, vai voltar ao STF na tentativa de suspender as investigações do suposto esquema de “rachadinha” no gabinete do “01” na Alerj. A Justiça já negou dez recursos dos advogados do senador.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.04.20

Carro alugado

Em meio à crise do novo coronavírus, o governador Wilson Witzel parece ter terceirizado de vez a gestão do Detran-RJ. A nova troca de presidente – o quarto executivo em um ano e quatro meses – foi totalmente decidida nos corredores da Alerj.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.11.19

Video tape

Apesar das diferenças de cunho ideológico, o governador Wilson Witzel (PSC) e o presidente da Alerj, Andre Ceciliano (PT), têm feito aproximações sucessivas. No quesito conquista de poder, Ceciliano vem se mostrando um bom herdeiro do antecessor, Jorge Picciani, com indicações de nomes para a direção de estatais e cargos de segundo escalão no secretariado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.10.19

A lenta escalada dos Picciani

O clã Picciani vai buscar um recomeço nas urnas. Leonardo Picciani, filho do ex-presidente da Alerj, Jorge Picciani, deverá se candidatar à Câmara dos Vereadores no ano que vem. Para quem já foi ministro de estado no governo Temer e deputado federal com razoável grau de influência na Câmara, trata-se de um doloroso reinício pelo degrau mais baixo do Legislativo. Ainda assim, é preferível, a permanecer sem mandato e, consequentemente, sem a marquise do foro privilegiado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.09.19

A bola está quicando na frente de Paes

A saída do PSL da base de apoio de Wilson Witzel na Alerj já tem um grande vencedor. O valor de Eduardo Paes subiu consideravelmente nos últimos dias, uma vez que o DEM, seu partido, reúne a segunda maior bancada da Assembleia Legislativa. O preço da lealdade dos democratas na Casa será o apoio para valer de Witzel à candidatura de Paes a prefeito do Rio em 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.09.19

Um novo Picciani?

O presidente da Alerj, André Ceciliano, tem conquistado crescente influência no governo de Wilson Witzel, materializada com indicações para cargos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.