fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
06.10.20

De volta ao noticiário econômico

Comentário entreouvido na mesa de negociações entre o Advent e a família Moraes, que fechou a venda do controle da Kopenhagen para os norte-americanos. “Enfim, uma notícia positiva”. Nos últimos meses, os acionistas da empresa vinham se ressentindo da exposição excessivamente negativa da marca, contaminada pelo franqueado mais famoso e controverso da Kopenhagen: Flavio Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.09.20

Posologia

Os acionistas do Teuto mantêm conversações com fundos para a venda de uma participação do laboratório. Um dos candidatos de maior dosagem é o Advent.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.09.20

Ultra põe Extrafarma sobre o balcão

O Ultra prepara sua saída do varejo farmacêutico. O grupo busca um comprador para a Extrafarma, rede com 400 lojas em todo o país. Segundo o RR apurou, a cearense Pague Menos, terceira maior cadeia de drogarias do país, desponta como forte candidata ao negócio. Fundos de investimento, a exemplo do norte-americano Advent, também teriam demonstrado interesse pela Extrafarma. A empresa estaria avaliada na casa dos R$ 2 bilhões. Pode ser apenas coincidência, mas a movimentação do Ultra para deixar o varejo farmacêutico se dá pouco depois  da entrada do Pátria Investimentos no acordo de acionistas do grupo – e da consequente indicação de Alexandre Saigh, sócio da gestora, para o board. O fato é que a Extrafarma jamais conseguiu saltar para a prateleira de cima do setor, onde estão Raia Drogasil, Pacheco/São Paulo e a própria Pague Menos. Nos últimos anos, o Ultra fechou lojas, revisou a estratégia do negócio, mas a rede farmacêutica parece não ter muito remédio. No ano passado, a Extrafarma teve um Ebitda negativo de R$ 67 milhões, que se soma aos R$ 47 milhões negativos registrados em 2018. Isso para não falar da baixa contábil de R$ 593 milhões feita em 2019, referente a um ajuste no ágio da aquisição da empresa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.20

De saída do Brasil?

O Makro tem recebido sondagens para a venda de suas 24 lojas em São Paulo, único estado onde o grupo holandês ainda atua no
Brasil. Um dos pretendentes ao negócio é o Advent, que comprou as operações do Walmart no país. No início deste ano, o Makro vendeu um pacote de 30 lojas para o Carrefour, deixando mercados importantes, como o Rio de Janeiro

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.08.20

Telegráficas

O clã dos Jereissatti estuda uma oferta de ações do Iguatemi. É algo para mais de R$ 3 bilhões.

Marfrig analisa a aquisição de frigoríficos na Argentina, no Uruguai e no Paraguai.

A Cogna Educação, que tem entre seus acionistas o ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, está interessada na compra da rede de universidades Uniasselvi – leia-se Advent e Vinci Partners.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.06.20

Beleza americana

As gestoras norte-americanas Advent e KKR estariam na disputa pelos ativos da Coty no Brasil. O KKR, não custa lembrar, comprou recentemente 60% da divisão de produtos profissionais da fabricante de cosméticos francesas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.06.20

Efeito coronavírus

O Grupo Big, antigo Walmart Brasil, deverá fechar aproximadamente 20 lojas. A decisão veio por cima, da Advent, dona de 80% da rede varejista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.03.20

Queria-Queria

O Advent vai postergar o IPO da rede de varejo de construção Quero-Quero, avaliado cerca de R$ 1,2 bilhão. O pedido já está na CVM, mas o duro efeito do coronavírus sobre as bolsas recomenda a quarentena.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.02.20

Quero-Quero mais

Dono de 95% do capital, o Advent deverá manter uma posição majoritária na Quero-Quero mesmo após o IPO da rede de material de construção. A gestora norte-americana tem dois grandes projetos engatilhados para depois da oferta de capital: a aquisição de concorrentes no Brasil e a abertura de lojas em outros países do Mercosul.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.02.20

Advent vai às compras no Makro

O Advent entrou na disputa pelos ativos do Makro no Brasil. Tem como principal concorrente o Carrefour. As negociações seriam conduzidas em Nova York e contemplariam a possibilidade de fatiamento do grupo atacadista. O Makro estaria avaliado em quase R$ 6 bilhões. Em termos de ranking, a venda da operação da rede holandesa no Brasil não mexerá com as primeiras posições do setor, independentemente do modelo adotado – o faturamento do Makro no país gira em torno dos R$ 8 bilhões. No entanto, no caso do Advent, a aquisição teria um importante valor estratégico – mais até do que para o próprio Carrefour. Dona do Grupo Big, o antigo Walmart Brasil, a gestora norte-americana vislumbra a possibilidade de montar uma operação híbrida de varejo e atacado. A Advent é dona do Grupo Big, o ex-Walmart Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.